Um valor simbólico pelo Nelson que pode fazer toda a diferença

Um valor simbólico pelo Nelson que pode fazer toda a diferença

784
PARTILHE
nelson cebola
Nelson está a percorrer o país para contar a sua história. (foto D.R)

O MOTO CLUBE de Faro foi o ponto de partida, no passado dia 15 de Março, para a viagem “um euro por uma vida”.

Nelson percorreu 24 cidades do Algarve até ao Norte, em apenas quatro dias, com a campanha de angariação de fundos que contou com o apoio de motoclubes de todo o país, sensibilizados com a sua causa. Em entrevista ao POSTAL, Nelson afirma que “foram quatro dias de muito esforço mas foi uma experiência única, incrível e memorável. Conheci pessoas boas, com muita vontade e dedicação que me querem ajudar e que me deram muita força para continuar esta luta. Estou muito satisfeito, mas
exausto”.

Nelson Galego, de 42 anos, luta neste momento pela vida e esta viagem serviu para que pudesse divulgar a sua causa e angariar dinheiro para tentar ir aos Estados Unidos da América (EUA) fazer um tratamento revolucionário que, segundo os médicos, é o único
que o poderá salvar. “O Nelson é um paciente viável”.
Em Portugal os médicos já tentaram de tudo, fizeram os possíveis, foram realizados os tratamentos de protocolo para estas situações no Instituto Português de Oncologia (IPO), em Lisboa, mas não tiveram sucesso e terminaram, já que a doença é bastante agressiva. Neste momento o Nelson está a receber cuidados paliativos, mas quando ouviu falar do tratamento revolucionário nos EUA viu surgir uma nova esperança e quis voltar a tentar. Acontece que o tratamento custa 500 mil euros.

CÉLULAS CAR-T É O TRATAMENTO INOVADOR QUE PODE SALVAR

- Pub -

O seu nome é células CAR-T, um tratamento que surgiu há dois anos e que consiste em manipular geneticamente as células de defesa do sangue do doente, as células T, manipulá-las em laboratório, de forma a torná-las mais eficazes no combate ao tumor, para depois introduzi-las novamente no corpo do paciente, e então combater o cancro. “Está numa fase experimental mas já está aprovado para vir para a Europa, só que as coisas levam o seu tempo para serem instaladas e foi-nos comunicado que o meu irmão não tem esse tempo”, explica ao POSTAL Paula Galego, irmã do Nelson. Os amigos e a família de Nelson não o deixaram desistir de lutar para conseguir o dinheiro para o tratamento. Foi criado um sítio na internet, em inglês e português, com a sua história, numa tentativa de sensibilizar as pessoas para a doença, dando a conhecer a sua história. Foram também criados mealheiros, distribuídos e colocados em vários estabelecimentos comerciais com o intuito de sensibilizar as pessoas para ajudar, “nem que seja com um euro”.

Nelson explica que “neste momento estou estável, mas não sei até quando irei estar, por isso ajudem-me. Neste caso é a minha vida mas poderia ser qualquer um de nós a estar nesta situação”.

A relembrar que Nelson foi diagnosticado, em Janeiro de 2017, com um “Linfoma Não Hodgkin Difuso Grandes Células B” no mediastino com extensão aos pulmões e perto do coração.

PRÓXIMA INICIATIVA PARA AJUDAR O NELSON

O Moto Clube de Faro vai fazer, este sábado, 24 de Março, um
concerto solidário com jantar e a actuação de três bandas locais para ajudar o Nelson. A família e os amigos pedem pa-
ra que “se alguém tiver ideias para angariar dinheiro diga que depois serão colocadas em prática”.
O objectivo é ajudar o Nelson a divulgar a sua causa para que ele possa “voltar a sorrir e a viver durante muitos anos com as pessoas que me amam e merecem que eu viva”, conta Nelson ao POSTAL.
Mais informações sobre a história do Nelson em:
www.helpnelson.pt.

Facebook Comments

Comentários no Facebook