Prémios Excelência Lídia Jorge, a escritora com quase duas dezenas de prémios

Prémios Excelência Lídia Jorge, a escritora com quase duas dezenas de prémios

1305
PARTILHE
Lídia Jorge é natural de Boliqueime (Foto D.R.)
Lídia Jorge é natural de Boliqueime (Foto D.R.)

O POSTAL revela o percurso de Lídia Jorge, Personalidade que vai ser homenageada com o Prémio Excelência – Gala Postal 30 anos, no Casino de Vilamoura , esta sexta-feira, dia 20 de Abril.

Lídia Guerreiro Jorge tem 71 anos, nasceu em Boliqueime, é licenciada em Filologia Românica e é escritora. Viveu alguns anos em Moçambique e em Angola, foi professora do ensino secundário, foi membro da Alta Autoridade para a Comunicação Social e integra o Conselho Geral da Universidade do Algarve.

Lídia Jorge escreveu 11 romances, literatura Infantil, ensaios, entre outros. Escreveu ainda um ensaio, em 2009, intitulado “Contrato Sentimental”. A escritora é um dos nomes mais importantes na renovação da técnica romanesca e integra o programa dos concursos de agregação da unidade curricular de Português, nas Universidades Francesas.

A escritora algarvia recebeu o Prémio Literário Município de Lisboa com os romances “O Cais das Merendas” e “Notícia da Cidade Silvestre”. Para além deste prémio, Lídia Jorge conta com mais 16 recebidos não só em Portugal, como em França e na Alemanha. Destacam-se o Prémio Máximo de Literatura em 1998, o Grande Prémio da Associação Portuguesa de Escritores em 2002, o Albatros – Prémio Internacional de Literatura – em 2006, o Prémio Luso-Espanhol de Arte e Cultura em 2014 e o Prémio Vergílio Ferreira em 2015.

Comentários no Facebook