Autarcas algarvios e utentes da EN 125 indignados com as condições da...

Autarcas algarvios e utentes da EN 125 indignados com as condições da via

1073
PARTILHE

 

buracos na en 125_troco cacela_praia verde
Foto ilustra o estado da via no troço entre Cacela e Praia Verde (Foto: DR)

A Câmara de Vila Real de Santo António associou-se ao Movimento de Cidadania dos Utentes da EN 125 – Sotavento para exigir medidas claras e urgentes no processo de requalificação da EN 125 nos troços entre Tavira – Vila Real de Santo António – Castro Marim.

Os autarcas, Conceição Cabrita e Francisco Amaral, e os representantes dos utentes acordaram fazer uma caminhada de protesto no troço entre Cacela e Praia Verde, trajecto que é actualmente o mais degradado de toda a via e onde não se registam obras há mais de 20 anos.

“A situação tornou-se insustentável e a circulação na estrada já é praticamente impossível. Não toleramos ser tratados como algarvios de segunda e exigimos que a EN 125 seja requalificada entre Tavira e Vila Real de Santo António tal como o foi no resto do Algarve. Qualquer morte que se venha a registar neste troço será da exclusiva culpa da Infraestruturas de Portugal e do Governo”, afirma Conceição Cabrita, presidente da Câmara Municipal de VRSA.

Comentários no Facebook