Semana da Ria Formosa promove actividades em Olhão

Semana da Ria Formosa promove actividades em Olhão

1192
PARTILHE
O objectivo do evento é o de consciencializar para a proteção de áreas como o Parque Natural da Ria Formosa (Foto D.R.)
O objectivo do evento é o de consciencializar para a proteção de áreas como o Parque Natural da Ria Formosa (Foto: Júlio Carmo)

O Município de Olhão, no âmbito da Semana da Ria Formosa, apresenta entre os dias 16 e 20 de Abril, diversas actividades no Jardim Pescador Olhanense e no Parque Natural da Ria Formosa.

Os objetivos principais do evento são os de difundir informação e práticas que incrementem a consciencialização e o reconhecimento da importância de zonas protegidas, como é o caso do Parque Natural da Ria Formosa.

Desta forma, o município, que é parceiro do Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, dinamiza, nos dias 16, 17, 18, 19 e 20 de Abril actividades com o RIAS (Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens) dirigidas aos alunos dos 2º e 3º ciclos da rede pública do concelho de Olhão.

As actividades vão decorrer no Jardim Pescador Olhanense e no Parque Natural da Ria Formosa (Foto D.R.)
As actividades vão decorrer no Jardim Pescador Olhanense e no Parque Natural da Ria Formosa (Foto D.R.)

Ainda dentro deste projecto, entre os dias 17 e 21 deste mesmo mês, o Vaivém do Oceanário de Lisboa “aterra” no Jardim Pescador Olhanense. É neste vaivém que, os mais pequenos podem conhecer os oceanos e a conservação do património natural através de actividades lúdicas e pedagógicas.

As visitas das escolas realizam-se entre os dias 17 e 20 e no dia 19, haverá ainda um workshop para professores. Já para o restante público, o Vaivém Oceanário tem preparado um quizz, no dia 21, que visa dar a conhecer o papel dos aquários na conservação dos oceanos, assim como as profissões existentes no Oceanário de Lisboa.

Durante a semana em questão é ainda possível visitar a exposição “A Ria faz bem a todos”, no Algarve Outlet; haverá uma visita à Estação Piloto de Piscicultura de Olhão e a possibilidade de participar no Percurso de Interpretação do Centro de Educação Ambiental de Marim.

(Maria Simiris / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook