Tavira foi capital das Artes Marciais (com fotogaleria)

Tavira foi capital das Artes Marciais (com fotogaleria)

848
PARTILHE

O Estágio Internacional de Artes Marciais – Tavira 2018 realizou-se no passado fim-de semana, tendo trazido à cidade do Gilão cerca de 450 participantes, envolvido cinco freguesias  e contado com o apoio de 29 empresas/entidades.

Tavira recebeu um acontecimento desportivo, no âmbito das Artes Marciais, de dimensões únicas em Portugal e que pode ser comparado ao que de melhor se realiza a nível mundial, tendo decorrido oficialmente nos dia 28 e 29 de manhã, mas na realidade o evento preencheu seis dias, entre treinos nos dias anteriores e posteriores, incluindo o Departamento de Iaido (Ken Shin Kan Tavira), também na Luz de Tavira. Entre treinos abertos ao publico e treinos mais reservados foi possível alcançar um número significativo de atletas.

Finlândia, Japão, Suécia, USA, Alemanha, Espanha, Itália, França, Irlanda, Suíça, Brasil e Noruega foram alguns dos países participantes, representados através da presença de mais de 36 mestres de renome internacional, sendo que, na sua maioria, são presidentes de federações mundiais.

De salientar que as unidades hoteleiras do concelho contaram com a presença de oitocentos ocupantes durante a realização do evento, tendo contribuído para uma maior dinâmica da economia local.

- Pub -

A Federação Nacional de Ju-Jitsu Portugal orgulha-se de “ter contribuindo, não só para a troca de conhecimentos mas também para a promoção do desenvolvimento turístico, comercial e cultural do nosso país”.

Estágio recebeu críticas muito positivas

Tanto durante, como após o evento, as críticas recebidas foram muito positivas e vão ao encontro dos objectivos da organização, tendo sido sugerido, por parte das entidades presentes (federações mundiais e entidades envolvidas), que a realização do mesmo deve-se repetir, tendo-se inclusive confirmado a continuidade dos acordos existentes com os nossos parceiros internacionais.

O evento foi organizado pela Federação Nacional Ju-Jitsu Portugal, U. P. e contou com o apoio da Câmara de Tavira, presidida por Jorge Botelho, e do Instituto Português do Desporto e Juventude, I. P., na pessoa de Custódio Moreno.

Assim, a Federação Nacional Ju-Jitsu Portugal, agradece “todo o apoio institucional que nos foi concedido, tornando possível a realização do evento”. Agradece também “à Câmara de Tavira, aos seus técnicos e funcionários e respectiva Divisão de Desporto, ao Instituto Português do Desporto e Juventude I. P., às Juntas de Freguesia de Santa Catarina, Luz de Tavira, Santo Estevão; União de Freguesias de Tavira e Vila Nova de Cacela, à Cruz Vermelha Portuguesa – Tavira, à PSP, a todas as associações locais e outras federações e associações desportivas presentes e por último aos nossos patrocinadores sem os quais teria sido extremamente complicado poder realizar este evento”.

“Não podemos deixar de agradecer também à equipa médica da Cruz Vermelha de Tavira e ao doutor Gerson Pacheco, ao responsável pelos equipamentos de som, a todo o staff e à equipa federativa e seus treinadores”, finaliza.

Facebook Comments

Comentários no Facebook