UAlg no top 10 dos melhores revisores científicos da revista ‘Metallomics’

UAlg no top 10 dos melhores revisores científicos da revista ‘Metallomics’

522
PARTILHE
royal society of chemistry
Na lista encontram-se revisores de seis universidades americanas, duas australianas e duas europeias (Fotos: DR)

O peer review ou revisão por pares diz respeito à actividade dos revisores científicos e dos editores para avaliar se um trabalho reúne ou não requisitos para poder ser publicado, avaliando, assim, a sua relevância. O trabalho dos revisores é cada vez mais reconhecido e, neste âmbito, a revista “Metallomics”, da Royal Society of Chemistry, colocou a Universidade do Algarve no top 10 de uma lista onde se encontram revisores de seis universidades americanas, duas australianas e duas europeias.

Aureliano Alves, professor de Bioquímica da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UAlg e investigador do Centro de Ciências do Mar, foi distinguido como um dos dez melhores revisores em 2017, que foram seleccionados pela comissão editorial desta revista científica na área dos estudos das funções dos metais nas ciências da vida.

Os revisores, que laboram a título gratuito, foram escolhidos com base no número, pontualidade e qualidade dos relatórios concluídos nos últimos 12 meses.

Royal Society of Chemistry reúne cientistas químicos de todo o mundo

A Royal Society of Chemistry (RSC), que tem como principal objectivo “incentivar as ciências químicas”, é uma sociedade internacional muito conceituada, que conta com mais de 360 mil membros e reúne cientistas químicos de todo o mundo. Esta organização realiza e apoia a investigação científica, publica revistas científicas e livros sobre ciências químicas e disponibiliza bases de dados à comunidade científica mundial.

Logo_Royal
A Royal Society of Chemistry reúne cientistas químicos de todo o mundo

De salientar que publicar os resultados de uma investigação permite que o conhecimento científico se torne um processo colectivo e público. Mas a fase de elaboração do trabalho e a preparação do artigo para publicação podem e devem ser controladas para garantir a qualidade do que vai ser editado. Cabe aos revisores avaliar a pertinência e relevância do trabalho de investigação e a contribuição dos seus resultados para a sociedade.

Nos últimos anos, no que diz respeito a revisão científica, vários docentes e investigadores da Universidade do Algarve têm sido distinguidos. Neste âmbito, destaca-se a Plataforma Plubons, onde a aAcademia algarvia ocupa o 5º lugar a nível nacional. A UAlg tem inscritos nesta plataforma 174 revisores, das mais diversas áreas de investigação, com um total de 2.905 revisões realizadas.

Mais informações AQUI.

Facebook Comments

Comentários no Facebook