António Miguel Pina em entrevista: ‘Olhão está na moda’

António Miguel Pina em entrevista: ‘Olhão está na moda’

855
PARTILHE

 

pina quadrado
O autarca António Miguel Pina nasceu e foi criado em Olhão (Fotos: DR)

Olhão comemora este sábado, dia 16 de Junho, o Dia do Município, e o POSTAL esteve à conversa com o presidente da Câmara Municipal, António Miguel Pina.

O dia 16 de Junho é um dia muito importante para as gentes de Olhão, uma vez que foi nesse dia, em 1908, que os olhanenses se revoltaram com a ocupação francesa. Passados precisamente 210 anos, o Município comemora a data com diversas inaugurações e dois espectáculos, uma actuação da Academia de Dança do Algarve e um concerto do Emanuel. Para além disso, o ministro da Administração Interna, Eduardo Cabrita, e a ministra do Mar, Ana Paula Vitorino, marcam presença nas cerimónias.

A imagem de Olhão foi transformada

António Miguel Pina começou por afirmar ao POSTAL que a estratégia de desenvolvimento da cidade e do concelho passa por, em primeiro lugar, continuar a valorizar as actividades tradicionais, como a pesca, a aquacultura e a indústria conserveira. Por outro lado, valorizar o potencial do Município em outras actividades como o turismo e a agricultura, criando mais postos de trabalho, são também fundamentais para esse mesmo desenvolvimento.

mercado de olhão
Olhão é considerada a capital da Ria Formosa

Para António Miguel Pina, a cidade tem “uma imagem diferente, está na moda”, mas tal só acontece devido ao trabalho contínuo que já vem de trás. Neste sentido, o presidente realça o facto de o seu antecessor ter conseguido que um hoteleiro criasse em Olhão aquele que, ainda hoje, é o único hotel de cinco estrelas do sotavento algarvio. A par disso, o facto de Olhão ser a capital da Ria Formosa e de esta última ter ganho o prémio de uma das sete maravilhas de Portugal, “transformou a imagem da cidade”.

‘Oferecemos algo que mais nenhuma cidade oferece’

Relativamente ao turismo, António Miguel Pina afirma que as pessoas que procuram Olhão são turistas de experiências, da natureza, do ambiente, e que é precisamente nesse mesmo segmento que se quer colocar. Referindo mesmo que “não queremos ser uma cidade com um turismo de massas, queremos ter mais oferta turística, mas de muita qualidade”.

olhao
Olhão quer continuar a valorizar as actividades tradicionais

Para além disso, o presidente que nasceu e foi criado em Olhão afirma que a cidade tem uma coisa que mais nenhuma outra zona do Algarve pode oferecer: “a alma olhanense”. “É esta magia que Olhão tem que nós tentamos preservar e dar a conhecer. Somos uma gente aguerrida e que ao longo da história sempre mostramos que estamos do lado do progresso e contra quem nos tenta oprimir”, comenta António Miguel Pina.

Por fim, o presidente da CâmaraMunicipal de Olhão confessa ao POSTAL que não faz tensões de sair da cidade que o viu crescer.

Facebook Comments

Comentários no Facebook