Câmara de Faro confirma buscas da PJ nas suas instalações

Câmara de Faro confirma buscas da PJ nas suas instalações

459
PARTILHE
camara de faro autarquicas
Inspectores pediram acesso a documentação e a computadores (Foto: DR)

A Câmara de Faro confirmou que a Polícia Judiciária realizou ao longo do dia de ontem, 27 de Junho, buscas nas instalações da autarquia, pedindo acesso a documentação e a computadores, sem adiantar o motivo concreto da operação.

“Estiveram hoje na Câmara de Faro cinco elementos da Polícia Judiciária, que pediram para ter acesso a documentação e a computadores, o que foi prontamente disponibilizado”, disse à Lusa o chefe de gabinete do presidente da autarquia.

De acordo com Henrique Gomes, os inspectores entraram na câmara da capital algarvia, presidida por Rogério Bacalhau (PSD), cerca das 9 horas e saíram já perto das 17, não avançando, contudo, o motivo concreto para as buscas.

“Informaram-nos apenas que estavam inseridas numa investigação de maior dimensão e que decorre em todo o país”, esclareceu, sublinhando que a autarquia lhes “abriu todas as portas”.

A Polícia Judiciária (PJ) realizou nesta quarta-feira cerca de 70 buscas, incluindo a autarquias, sociedades, escritórios de advogados e instalações partidárias, no continente e no arquipélago dos Açores, segundo a Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa (PGDL).

No âmbito deste inquérito investigam-se crimes económicos, nomeadamente, de corrupção passiva, tráfico de influência, participação económica em negócio e financiamento proibido.

As buscas em vários pontos do país foram acompanhadas por três juízes de instrução, 12 magistrados do Ministério Público, peritos informáticos e financeiros e cerca de 200 inspectores da Polícia Judiciária.

Estas operações de buscas foram efetuadas com a colaboração da Unidade Nacional de Combate à Corrupção da PJ.

A notícia da realização desta operação foi adiantada pela edição ‘online’ da revista Sábado que, entretanto, enumerou um conjunto de autarquias que foram alvo de buscas, incluindo a Câmara de Faro.

Facebook Comments

Comentários no Facebook