Eliseu Correia: E agora (o vento mudou)

Eliseu Correia: E agora (o vento mudou)

1091
PARTILHE

 

A OPINIÃO de ELISEU CORREIA; Managing director EC Travel; eliseucorreia@sapo.pt
A OPINIÃO de ELISEU CORREIA;
Managing director EC Travel;
eliseucorreia@sapo.pt

Andámos nos últimos anos a usufruir, em termos turísticos, de ventos favoráveis fruto da desgraça alheia, leia-se da instabilidade e da insegurança dos nossos principais mercados concorrentes.

A favor do vento, os protagonistas habituais desdobraram-se em artigos e entrevistas para a rádio, jornais e TV, fazendo do infortúnio dos outros mérito seu. Todos os resultados positivos tinham uma série de pais que se digladiavam entre eles para saber quem assumia maior protagonismo.

Toda a gente sabia que um dia isto iria inverter-se, menos eles. Foi agora.

- Pub -

Melhor, foi há muitos meses atrás, mas como ainda estavam imbuídos e cegados na euforia dos resultados nem deram por nada. E agora??

Em seis meses Turquia, Egipto, Tunísia, etc recuperaram milhões de turistas e preparam- se para recuperar tudo o que perderam e buscar aquilo a seguir, o que nunca tiveram.

E nós? Nós perdemos a Monarch, a Nikki e obviamente não conseguimos recuperar os voos perdidos nem pouco mais ou menos.

Para além disso os chamados operadores tradicionais mudaram os seus voos para os destinos mencionados porque a operação é bem mais barata e por arrastamento muito mais lucrativa.

Os voos que existem ainda para este Verão estão a preços proibitivos.

O Aeroporto de Faro está um caos e as filas de espera motivo de partilhas virais nas redes sociais com idosos e crianças a esperarem horas a fio para sair ou entrar do aeroporto.

Os clientes estão fartos e como consequência as linhas aéreas já se preparam para cancelar mais voos.

As Canárias e as Baleares sofrem do nosso mal mas têm os voos que nós não temos e apostam forte no seu mercado interno e no mercado português para tapar os buracos de ocupação que têm.

Ou seja… nem aí nos safamos. Se estão à espera de turistas nacionais e espanhóis para resolverem o problema, leia- -se salvar o Verão, também isso não vai acontecer.

E agora onde andam os protagonistas?? Devem ter sido atingidos por algum surto porque desapareceram todos da face da terra.

Sim, porque navegar a favor do vento todos navegam, agora contra ele só os que sabem fazê-lo e como todos sabemos eles não o sabem.

Lançaram agora um plano de emergência com um milhão de euros de orçamento para dividir entre o Algarve e a Madeira com o intuito de atrair clientes de última hora. AGORA… QUASE EM JULHO!!!!

É como aplicar um penso rápido numa fractura exposta. Areia para os olhos para quem não sabe ver.

E agora??? Agora é caso para dizer… o vento mudou e eles não vão voltar. Preparem-se!

Comentários no Facebook