‘Tavira, os Dias do Vinho!’ alegra noites algarvias

‘Tavira, os Dias do Vinho!’ alegra noites algarvias

421
PARTILHE
vinho
Evento promete três dias de puro elogio aos cinco sentidos, entre provas e degustações (Foto: D.R.)

A cidade do Gilão vai acolher “Tavira, os Dias do Vinho” a partir desta sexta-feira, 13 de Julho, e até domingo, reunindo produtores de vinhos, cervejas artesanais, iguarias e outras tentações.

O evento  acontece em localização privilegiada, na Rua do Cais e Mercado da Ribeira, junto ao Jardim do Coreto e da Ponte Antiga sobre o Rio Gilão. Serão três dias de puro elogio aos cinco sentidos, entre provas e degustações. 

O certame começa sempre às 18 horas, sexta e sábado termina às 24 e no domingo às 23 horas. É, sem dúvida, o programa mais apetecível para este fim-de-semana e convida a terminar os dias de copo de vinho na mão, aprendendo com produtores e enólogos, sendo provador numa das muitas provas cegas que se irão realizar ou, simplesmente, em descontraído convívio com amigos e família.

Haverá permanentemente uma prova cega a decorrer, no Mercado da Ribeira, com alguns dos vinhos dos produtores participantes. Os resultados da avaliação dos “provadores de serviço” ditarão os melhores vinhos brancos, rosés e tintos vencedores na categoria “Melhor Colheita às Cegas” e brancos e tintos na categoria “Melhor Reserva às Cegas”. Também será premiado o “Melhor Enófilo” seleccionado entre os participantes nas provas. 

- Pub -

A pulseira de acesso ao evento, estará disponível à entrada. Participar no “Tavira, os Dias do Vinho” terá um custo de cinco euros por pessoa e por dia, sendo que a entrada inclui a oferta de um copo Riedel, que permitirá provar todos os vinhos tranquilos, fortificados, espumantes e cervejas presentes no evento. Quem desejar participar nas Provas Cegas tem à disposição o bilhete de sete euros/dia, que inclui a oferta de copo Riedel personalizado. Para verdadeiros apreciadores vai existir um passe de três dias por 15 euros, com tudo incluído.

Estão já confirmadas as seguintes presenças:

Região dos Vinhos Verdes: Quinta de Lourosa; Quinta de Paços e Casa do Capitão-Mor; Quinta da Ponte de São Veríssimo; Casa do Barroso; António Futuro e Quinta da Samoça.

Trás-os-Montes: Casa do Joa e Mont’Alegre.

Douro: R4 Vinhos; Cizeron Wines (e seus vinhos da Nova Zelândia); Vasques de Carvalho; Cortes do Tua; Coimbra de Mattos; Vila Rachel, Ariso e Muxagat.

Beira Interior: Quinta do Cardo.

Lisboa: Quinta de Pancas; Quinta do Cerrado da Porta e Quinta dos Plátanos.

Alentejo: Herdade da Anta de Cima; LCPS – Aguardente; Morais Rocha; Joaquim Arnaud e Tiago Cabaço.

Algarve: Marchalégua; Quinta do Canhoto; Única – Adega Cooperativa do Algarve; Herdade dos Pimentéis e Quinta da Penina.

Outros produtores com vinhos em várias regiões: FAP Wines – Giroflé; Casa Santos Lima.

Produtos Regionais: Ti Marquinhas (doçaria regional); Sabores Algarvios (tapas); Alecrim (tapas de Estremoz); Fundação Irene Rolo; Dos Santos (cerveja artesanal); Moura (cerveja artesanal) e G’Vine Experience by Miúda da Alcofa.

Comentários no Facebook