Manjares serranos e folclore atraem milhares à Cortelha

Manjares serranos e folclore atraem milhares à Cortelha

683
PARTILHE

A aldeia da Cortelha volta a receber nos próximos dias 4 e 5 de Agosto a já habitual mostra gastronómica da Serra do Caldeirão, denominada Manjares Serranos. Para completar o ambiente saboroso que se irá viver no Polidesportivo da Cortelha, vão subir ao palco diversos grupos no âmbito do Festival de Folclore da Serra do Caldeirão.

Saborear pratos tradicionais da gastronomia serrana, como é o caso das papas de milho, galo com grão, javali estufado, orelha de porco, chouriço, aguardente de medronho, entre muitos outros, será possível já nos dias 4 e 5 de Agosto, nos Manjares Serranos, na Cortelha.

Depois do sucesso de anos anteriores, os Manjares Serranos estão de regresso ao interior do concelho de Loulé, mais precisamente à localidade da Cortelha. Esta iniciativa, que tem conquistado inúmero público ao longo dos últimos anos, alia o mais tradicional do folclore nacional, acompanhado à mesa pela típica gastronomia serrana.

cartaz manjares_18
O programa dos Manjares Serranos

No sábado, dia 4, a animação será da responsabilidade dos grupos participantes no Festival de Folclore da Serra do Caldeirão, onde vão estar representadas as danças e cantares de todo o país, desde o Alto Minho com o Grupo de Folclore das Terras de Nóbrega, ao Ribatejo com o Grupo Folclórico da Golegã, passando pela zona de Setúbal com o Rancho Folclórico Praias do Sado, bem como os usos e costumes do interior algarvio com o grupo anfitrião, o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão. No final da noite subirá ao palco o grupo “Sons do Sul” que irá abrilhantar um Baile Serrano para todos os presentes.

Evento traz muitos ‘forasteiros’ à aldeia da Cortelha

No domingo, dia 5, terá lugar uma retrospectiva pelo panorama da música popular portuguesa com a actuação do Grupo “Moces Marafados” que irá apresentar em palco as sonoridades das diferentes regiões do país. Para animar o recinto e proporcionar a todos mais um baile serrano, subirá ao palco o acordeonista Valter Cabrita.

Este é um evento que traz muitos “forasteiros” à aldeia da Cortelha no primeiro fim-de-semana de Agosto e testemunha disso é Rui Marcos, carpinteiro de profissão e um dos voluntários que colabora na organização desta festa, que afirma com todo o orgulho que “esta é uma festa que todos os anos traz muitos visitantes e um movimento diferente à nossa serra, quando em pleno Verão, o mais fácil seria as pessoas irem para a praia, preferem e gostam de vir até ao interior provar comida caseira”.

Os Manjares Serranos e o Festival de Folclore têm entrada livre e contam com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Salir, da Região de Turismo do Algarve, do INATEL, do Agrupamento de Escolas Pe. Cabanita – Escola de Salir e da Emprodalbe.

 

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook