Marinha e Zoomarine devolvem tartarugas ao mar

Marinha e Zoomarine devolvem tartarugas ao mar

536
PARTILHE
tartarugas marinhas2
A Oculus e a Océane chegaram ao Zoomarine há mais de um ano (Foto de arquivo: D.R.)

A Marinha Portuguesa, em colaboração com o Zoomarine, participará na próxima segunda-feira, 30 de Julho, entre as 7.45 e as 12.30 horas, numa acção de conservação da Natureza, em que serão devolvidas duas tartarugas marinhas ao seu habitat natural.

A Oculus e a Océane são duas tartarugas-comuns que chegaram ao centro de reabilitação do Zoomarine há mais de um ano. Na altura pesavam, respectivamente, 4,2 e 1,3 quilogramas. Agora, regressam ao seu habitat selvagem muito mais fortes, bem mais saudáveis e… consideravelmente mais pesadas (cada uma com cerca de dez quilograma extra).

A Marinha fará o transporte dos dois répteis, acompanhados por uma equipa de reabilitadores, por via da lancha de fiscalização rápida Pégaso. De forma a proteger estas tartarugas (Oculus e Oceáne) das eventuais ameaças presentes nos mares e oceanos, a sua devolução será feita num local afastado da costa, a 12 milhas náuticas a sul de Portimão.

Actualmente existem sete espécies de tartarugas marinhas nos nossos oceanos, sendo que todas elas se encontram ameaçadas de extinção. Todos os Verões o Zoomarine devolve ao mar tartarugas marinhas que estiveram em processo de reabilitação no seu Porto D’Abrigo.

Comentários no Facebook