Dossier 31 Anos: Albufeira e São Brás mais que duplicaram o número...

Dossier 31 Anos: Albufeira e São Brás mais que duplicaram o número de casamentos

164
PARTILHE
(Fotos: D.R.)
(Fotos: D.R.)

Perceber como tem andado a região algarvia no que toca ao número de casamentos pareceu-nos bastante interessante, uma vez que é uma tradição que já existe há inúmeros séculos.

De uma forma geral, e como se consegue ver na tabela da Pordata, o número de matrimónios no Algarve diminui consideravelmente. Em 1981, 2.183 casais celebraram o amor, sendo que no ano de 2017, esse número diminuiu para os 1.840. A maior parte
dos Municípios teve uma diminuição no número de casamentos, sendo que o exemplo mais crasso é Olhão, que em 1981 realizou 251 matrimónios, e em 2017 apenas 80. Pelo contrário, Albufeira, Castro Marim, Lagoa, Loulé e São Brás de Alportel aumentaram
os casamentos. Tanto Albufeira, como São Brás de Alportel, mais que duplicaram o resultado de 1981.

Captura de ecrã 2018-08-09, às 17.08.26

O Jornal POSTAL nasceu em 1987, comemorando nesta edição o seu 31o aniversário. Contamos assim com mais de três décadas de informação e de rigor, sempre com o objectivo de servir os algarvios. Assim como nós crescemos, também o Algarve cresceu e se foi alterando com o passar dos anos. Foi com este sentido, que o POSTAL decidiu procurar quais as principais diferenças na região mais a sul de Portugal. Sabia que em 1987 existiam apenas sete cidades no Algarve? Hoje esse número aumentou para 11. Tem noção de quais os Municípios que tiveram maior aumento de população? Em relação à taxa de desemprego? Tem ideia das diferenças? E quantas farmácias existiam antes? Conheça estes e outros valores, através do Dossier 31 Anos que o POSTAL lhe apresenta.

- Pub -

(Maria Simiris / Henrique Dias Freire)

Comentários no Facebook