Campeonato do Mundo de Pesca Submarina junta 25 países em Sagres

Campeonato do Mundo de Pesca Submarina junta 25 países em Sagres

649
PARTILHE
pesca submarina
Organização espera mais de 400 pessoas entre atletas e as respectivas comitivas (Foto: D.R.)

O XXXI Campeonato do Mundo Pesca terá lugar, entre os dias 6 e 9 de Setembro, na vila de Sagres e representa um marco importante para Portugal na área das actividades subaquáticas, serão esperadas mais de 400 pessoas entre atletas e as respectivas comitivas de cerca de 25 países.

O evento começa com a recepção aos participantes, no dia 6, seguindo-se, no dia 7, um passeio turístico e a Cerimónia de Abertura do Campeonato. Nos dias 8 e 9 decorre a competição, que culmina com a cerimónia de entrega de prémios e o jantar de encerramento, no último dia.

A competição, em equipas e individual pretende promover a prática da pesca submarina, desconstruindo alguns mitos relacionados com este desporto como a contribuição para a extinção das espécies. Neste sentido, importa referir que só são permitidas capturas das espécies com valor desportivo, identificadas no regulamento particular da prova, com limites mínimos de peso e quotas por espécie. Todas as capturas realizadas durante a prova serão oferecidas a instituições de solidariedade social.

De recordar que o último mundial organizado em Portugal aconteceu em Sines, em 2006, no qual Portugal foi Campeão Mundial por Equipas. Já em 2011, em Peniche, sagrou-se Campeão Individual na prova Euroafricana e Campeão Mundial Individual, em Vigo, no ano seguinte pelo mesmo atleta algarvio Jody Lot.

Nesta prova, a equipa portuguesa será orientada por Rui Torres que tem na sua lista de convocados os atletas Jody Lot, André Domingues, Pedro Domingues, Matthias Sandeck, João Peixeiro e Miguel Santos.

Ricardo José, presidente da FPAS, acredita que “Portugal é um sério candidato à vitória, tanto na modalidade de equipas como individual”.

A prova é organizada pela Federação Portuguesa de Actividades Subaquáticas (FPAS), sob a alçada da Confederação Mundial das Actividades Subaquáticas (CMAS) e em parceria com a Câmara de Vila do Bispo.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook