Inscrições abertas para Rainha das Vindimas de Lagoa

Inscrições abertas para Rainha das Vindimas de Lagoa

211
PARTILHE

 

Ines Carvalho
Inês Carvalho, a Rainha das Vindimas 2017 de Lagoa (Foto de arquivo: D.R.)

O município de Lagoa está a promover um casting para o concurso Rainha das Vindimas, ao qual poderão candidatar-se jovens do sexo feminino, com a idade mínima de 15 anos, completados até 31 de Dezembro de 2017, e que sejam naturais do município ou residentes no mesmo.

A selecção da candidata terá lugar no próximo dia 10 de Agosto, no Auditório Carlos do Carmo, e será coroada Rainha das Vindimas no dia 24 de Agosto, na Feira de Artesanato, Turismo, Agricultura, Comércio e Indústria de Lagoa (FATACIL). A candidata vencedora representará ainda o concelho no concurso de eleição da Rainha das Vindimas de Portugal, que terá lugar a 8 de Setembro em Torres Vedras/Alenquer, Cidade Europeia do Vinho 2018.

Recorde-se que o concelho de Lagoa tem uma forte tradição vinícola que recua ao período anterior à fixação muçulmana na região e é detentora de uma das quatro Denominações de Origem existentes na região. Esta riqueza patrimonial tem vindo a acrescentar ao concelho um valor económico, tornando-se num importante instrumento de promoção do território e de aposta no enoturismo.

rainha das vindimas - a4
A selecção da candidata terá lugar no próximo dia 10 de Agosto
- Pub -

Assim, como associado da Associação dos Municípios Portugueses do Vinho (AMPV), o concelho de Lagoa pretende estimular junto dos mais jovens a preservação das tradições e dos aspectos culturais mais genuínos do povo português, estimulando conhecimentos que se vão extinguindo. A preservação deste legado, intimamente ligado à agricultura, é um factor diferenciador e um contributo importante, na actual conjuntura, para o cruzamento de aspectos sociológicos, patrimoniais e económicos.

A Rainha das Vindimas de Portugal é um evento promovido pela AMPV e que se realiza anualmente, desde 2009, numa estreita colaboração com o município detentor do título de “Cidade do Vinho”.

Comentários no Facebook