Exposição “Segredos de Verão” marca o início de Setembro no Museu de...

Exposição “Segredos de Verão” marca o início de Setembro no Museu de Portimão

311
PARTILHE
A exposição fica patente até dia 14 de Outubro (foto: D.R.)
A exposição fica patente até dia 14 de Outubro (foto: D.R.)

Dia 8 de Setembro realiza-se no Museu de Portimão, às 18:00, a inauguração da exposição “Segredos de Verão”, de Meinke Flesseman, artista holandesa que vive e trabalha no Algarve, em Olhão.

Nascida em 1966, o percurso artístico de Meinke Flesseman levou-a a estudar Belas Artes na Academia Lorenzo di Medici, em Florença – Itália, e na Academia de Belas Artes de Volkov – Moscovo e por fim na “Ruud Wachers Academie”, em Amsterdão – Holanda.

Passou por diferentes países, mas para além da Inglaterra e Holanda é maioritariamente em Portugal, desde 1998, que tem realizado as suas exposições individuais ou colectivas.

O seu trabalho é muito influenciado pelo ambiente que a rodeia, os animais, a terra, as pessoas e o mar. Através das suas telas texturizadas em camadas é possível viver uma jornada emocional pela profundidade e intensidade de cor.

- Pub -

Nesta exposição designada “Segredos de Verão” Meinke Flesseman partilha e revela-nos a influência, nas suas obras, da luminosa e quente atmosfera algarvia, através de uma forte intensidade cromática, das texturas e formas tão próximas e presentes nesta evocação de ambientes quotidianos e na cumplicidade estabelecida com as paisagens naturais e humanas.

Movimentos enérgicos surgem nas suas telas expressando uma grande diversidade geométrica e plástica de corpos, superfícies, brilhos, sombras e reflexos, por entre águas envolventes, poderosas, implacáveis, mas igualmente de ondulações suaves e oníricas na modelação e fusão de emoções e sentimentos.

A exposição ficará patente no hall do Museu de Portimão até ao dia 14 de Outubro e poderá ser visitada às terças, das 14:30 às 18:00, e de quarta a domingo, das 10:00 às 18:00.

Até ao final do mês de Outubro poderá também conhecer a exposição “Gentes da terra e do mar”, uma mostra que ocupa as duas salas de exposição temporárias e permite um olhar sobre a dualidade de realidades que sempre estiveram presentes na evolução de Portimão.

Museu de Portimão:

Inaugurado em 2008, o Museu de Portimão recebeu nesse ano uma menção honrosa na categoria “Melhor Museu Português”, pela Associação Portuguesa de Museologia, e no ano seguinte pelo Turismo de Portugal, na categoria “Novo Evento Público”. Em 2010 foi distinguido internacionalmente com o prestigiante prémio “Museu Conselho da Europa” e em 2011 com o prémio “DASA – Mundo do Trabalho 2011”. Ainda nesse ano foi premiado pelo filme “À conversa com Manuel Teixeira Gomes”, no Festival Tour Film Brazil 2011, realizado em Florianópolis, com a “Arara de Prata – Jovens Talentos”.

Em 2015 voltou a ser distinguido pela Associação Portuguesa de Museologia com o prémio “Inovação e Criatividade”, pelo projecto “A nossa cultura sai à rua”. Com a reconversão da antiga fábrica de conservas em “fábrica de histórias” o Museu de Portimão surge como um local especificamente vocacionado para o estudo e promoção da identidade cultural e social da Comunidade Portimonense, da evolução e singularidade do seu percurso histórico e para a prestação de um conjunto de serviços, aberto a todos os cidadãos, à sua formação, fruição e iniciativa.

Facebook Comments

Comentários no Facebook