Sunset solidário apoia criança farense com doença rara

Sunset solidário apoia criança farense com doença rara

771
PARTILHE
Os pais de Rodrigo repararam cedo que a sua visão não estava normal Foto:D.R.)
Os pais de Rodrigo repararam cedo que a sua visão não estava normal (Foto:D.R.)

Rodrigo Silva, de três anos, foi diagnosticado, no início do ano passado, com Amaurose Congénita de Leber, uma doença genética rara, que se caracteriza pela perda grave de visão desde o nascimento.

Ricardo Silva, pai da criança, contou ao POSTAL que desde o primeiro mês de vida de Rodrigo que repararam no “olhar muito vago e muito distante do filho”. Após várias consultas no Hospital de Faro, em Janeiro de 2017, a família Silva recebeu finalmente o diagnóstico. Foi nesse momento que o médico disse à família: “a partir de agora o caso já não é connosco”.

Rodrigo é seguido na Unidade de Oftalmologia de Coimbra, onde tem diversas consultas anuais. Numa dessas consultas, a família ficou a saber que já existe um tratamento para um dos tipos da doença que Rodrigo tem, nos Estados Unidos da América e que será produzido em Portugal brevemente.

O primeiro evento de angariação de fundos para o Rodrigo decorreu no ano passado, em Albufeira (Foto: D.R.)
O primeiro evento de angariação de fundos para o Rodrigo decorreu no ano passado, em Albufeira (Foto: D.R.)

“O Rodrigo é uma criança que transborda alegria, faz-nos lutar e nós fazemos o que for preciso por ele. Estamos dispostos a ir aos Estados Unidos, à China, onde for preciso, mas por enquanto o médico dele diz para aguardarmos”, confessa emocionado Ricardo Silva.

Comentários no Facebook