Águas do Algarve reabilita sete estações elevatórias de Faro e de Olhão

Águas do Algarve reabilita sete estações elevatórias de Faro e de Olhão

287
PARTILHE
obras-da-futura-etar-de-faro-olhao
As estações elevatórias de águas residuais a reabilitar foram integradas no Sistema Multimunicipal de Saneamento do Algarve (Foto: D.R.)

A Águas do Algarve adjudicou, na semana passada, a Empreitada de Reabilitação das Estações Elevatórias de Águas Residuais (EEAR) de Faro e de Olhão à Empresa Aquino Construções, S.A. por mais de 3,8 milhões de euros.

As estações elevatórias de águas residuais a reabilitar foram integradas no Sistema Multimunicipal de Saneamento do Algarve, sendo que as infra-estruturas situadas no concelho de Faro entraram em funcionamento no ano de 1999 e as infra-estruturas situadas no concelho de Olhão iniciaram a sua actividade no ano de 1991. Após duas décadas de funcionamento, quer pelas deficiências existentes, quer pelo avançado estado de degradação que actualmente se constata e que é comum às sete estações elevatórias de águas residuais, torna-se necessário proceder-se as intervenções preconizadas no Projecto de Reabilitação das EEAR de Faro e de Olhão.

A empreitada envolve a reabilitação de sete estações elevatórias de águas residuais situadas nos concelhos de Faro e de Olhão, que integram os subsistemas que afluirão à nova Estação de Tratamento de Águas Residuais de Faro-Olhão

Serão alvo de intervenção no concelho de Faro: Estação Elevatória da EVA, Estação Elevatória Bombeiros; Estação Elevatória de São Francisco; Estação Elevatória Ferragial; Estação Elevatória Final Lavadeiras. No concelho de Olhão serão reabilitadas a Estação Elevatória 11 de Março e a Estação Elevatória do Mercado.

Projecto foi elaborado pela empresa Ripórtico

Conforme explica a Águas do Algarve “o Projecto de Reabilitação das EEAR de Faro e de Olhão foi elaborado pela empresa Ripórtico, no âmbito do Contrato de Aquisição de Serviços para a “Elaboração de Projectos e Processos de Concurso do Sistema Elevatório de Olhão e Reabilitação das Estações Elevatórias de Faro e Olhão”.

No âmbito do projecto prevê-se a substituição de equipamentos obsoletos e deteriorados que originam paragens do sistema e descargas no meio hídrico; a optimização do sistema de desodorização para resolver os problemas existentes e as reclamações recorrentes; a optimização do sistema de gradagem com a instalação de novas grades com malha reduzida; a instalação de gerador de emergência para garantir a continuidade do serviço prestado; a substituição dos quadros eléctricos existentes, que se encontram desactualizados e deteriorados pelo uso e acção do ambiente inerente ao local de instalação; a substituição dos equipamentos de elevação de cargas; a interligação das instalações com a telegestão do saneamento; a reabilitação dos arranjos exteriores para fazer face às intervenções referidas.

Até 30 de Setembro não serão realizados trabalhos significativos nas Estações Elevatórias do Mercado, situada no concelho de Olhão, e dos Bombeiros (Ciência Viva), situada no concelho de Faro, uma vez que estão em localizações com grande impacto sazonal. Até 15 de Novembro não serão realizados trabalhos significativos na Estação Elevatória de São Francisco, situada no concelho de Faro, uma vez que estão em localizações com grande impacto sazonal e de actividades periódicas com ocupação do espaço;

De salientar que as Estações Elevatórias Final (Lavadeiras) e Ferragial (IPJ), ambas situadas no concelho de Faro, são as instalações consideradas com maior urgência e compatíveis com as limitações anteriores, e por isso as intervenções terão início nestas instalações.

Facebook Comments

Comentários no Facebook