Coopérnico junta-se ao “Não ao Furo!” e investe em produção solar no...

Coopérnico junta-se ao “Não ao Furo!” e investe em produção solar no Algarve

323
PARTILHE
(Foto: D.R.)
(Foto: D.R.)

A Coopérnico marcará presença no próximo sábado, dia 8 de setembro, às 17 horas, em Faro, Lisboa e Porto, na Marcha Mundial do Clima sob o lema “Parar o petróleo! Pelo clima, justiça e emprego!”. Para além disso, a primeira cooperativa portuguesa anuncia o seu quarto projecto de produção solar no Algarve.

A transição energética, justa e democrática é o mote da Coopérnico, que diariamente trabalha para que esta transição seja uma realidade cada vez mais próxima. A produção de energia renovável em Portugal está a crescer e a Coopérnico acredita que a energia fotovoltaica descentralizada pode ter um papel mais preponderante do que teve até ao momento.

A cooperativa afirma não querer novos projectos de exploração de combustíveis fósseis, acreditando que a electrificação renovável e a eficiência energética devem ser o caminho.

Esta mudança de paradigma é fundamental, pois segundo a Coopérnico: “é a única forma se queremos combater as alterações climáticas e as consequências que já todos sentimos”.

Ainda segundo a cooperativa: “o Algarve é por excelência o melhor local para a aposta na produção de energia fotovoltaica. E é isso que a Coopérnico está a fazer: a 2 de Outubro iremos arrancar com a nossa quarta central fotovoltaica no Algarve. Este projecto é em Tavira e em parceria com o Centro Social e Paroquial de Santa Maria. Com este novo projecto de energia fotovoltaica os membros da Coopérnico contribuirão com 217.500 euros em investimento na soberania energética, que produz o equivalente ao consumo anual de 100 famílias e evita a emissão de mais de 200 toneladas de dióxido de carbono por ano.

Sobre a Coopérnico:

A Coopérnico tem como missão envolver os cidadãos, empresas e diferentes entidades na criação de um novo paradigma energético, renovável e descentralizado, em benefício da sociedade e do meio ambiente.

A primeira cooperativa portuguesa de energias renováveis defende um modelo energético renovável, justo e responsável que contribua para um futuro social, ambiental e energeticamente sustentável.

A Coopérnico conta, actualmente, com 1112 membros com vontade de construírem uma empresa social dentro do sector energético, que aposta na transição energética e na transparência.

No total, a produção da Coopérnico equivale ao consumo de mais de 650 famílias e evita a emissão de 1100 toneladas de dióxido de carbono (CO2) por ano.

Para mais informações: http://www.coopernico.org.

Facebook Comments

Comentários no Facebook