Fogo em Aljezur dominado e circunscrito pelos bombeiros

Fogo em Aljezur dominado e circunscrito pelos bombeiros

229
PARTILHE
As máquinas de rastro, lagartas mecânicas, tiveram um papel essencial para o domínio do fogo (Foto: D.R.)

O incêndio que deflagrou hoje numa zona de pinhal e mato em Aljezur foi “dominado e circunscrito” pouco depois das 16 horas desta quarta-feira, 26 de Setembro, disse o segundo comandante operacional distrital da Proteção Civil.

Segundo Abel Gomes, o fogo, que teve início cerca das 13:20 na zona do Carrascalinho, na freguesia do Rogil, no concelho de Aljezur, e que chegou a ter duas frentes, ficou sob controlo dos bombeiros às 16:17.

O mesmo responsável indicou que as máquinas de rastro, lagartas mecânicas, tiveram “um papel essencial” para o domínio do fogo, ao abrirem caminhos e zonas para a contenção das chamas.

Abel Gomes acrescentou que o vento forte que se faz sentir na zona ocidental do Algarve “foi e continua a ser uma grande preocupação para os bombeiros”.

Por seu turno, o presidente da Câmara de Aljezur, José Gonçalves, disse à Lusa que o fogo “afectou parte de uma exploração agrícola, onde arderam alguns fardos de palha”, destinados a alimentação animal.

“Além da palha, temos a indicação de que também foi atingido um animal, mas ainda está a ser apurada a sua veracidade”, frisou o autarca, acrescentando que não se registaram danos pessoais.

Nas operações de combate às chamas estiveram envolvidos 227 operacionais, apoiados por 71 veículos e cinco meios aéreos.

Facebook Comments

Comentários no Facebook