Olhão: Lançada primeira pedra das obras de reaqualificação da Escola Básica...

Olhão: Lançada primeira pedra das obras de reaqualificação da Escola Básica Nº 5 [com fotogaleria]

241
PARTILHE

O presidente do Município de Olhão, António Miguel Pina, presidiu hoje ao lançamento da primeira pedra da construção da nova escola EB1 Nº5. Aqueles edifícios, que já necessitavam de obras de fundo, serão totalmente remodelados e surgirão novos espaços e serviços. A nova escola custará cerca de 2 milhões de euros e deverá estar a funcionar no ano letivo 2020/2021.

”Este era um investimento que já estava para acontecer há algum tempo e, finalmente, conseguimos arrancar com as obras”, referiu o edil, satisfeito com as melhorias que aqui vão surgir. O custo da intervenção será repartido entre fundos comunitários, através do programa Algarve 2020 (60%), e a autarquia.

“Vamos remodelar as seis salas de aula existentes nos edifícios do plano centenário e surgirão três novas salas. No edifício novo, haverá também uma unidade multideficiência, que será uma referência no concelho e em todo o sotavento algarvio”, revelou António Miguel Pina, durante a visita às obras, que já começaram, a cargo da empresa Martins & Gago.

No novo edifício, que surgirá ao lado dos já existentes, ficarão localizadas, para além da unidade multideficiência, a portaria, sala de professores, cozinha, refeitório, arrecadações, biblioteca e sala polivalente. A nova escola passará a contar com nove salas de aula, com capacidade para mais de 200 alunos, e terá também uma horta pedagógica, três parques infantis e os antigos pátios serão recuperados e devolvidos às brincadeiras dos alunos.

- Pub -

Enquanto não reabre, totalmente renovada, os alunos desta instituição de ensino estão a ter aulas na Escola Prof. Paula Nogueira, em monoblocos de elevada qualidade do ponto de vista térmico e de insonorização, climatizados e com todos os equipamentos necessários para o bom funcionamento das aulas.

António Miguel Pina revelou hoje que também a Escola Prof. Paula Nogueira será alvo de importantes obras de melhoramento, no valor de 3,2 milhões de euros. O concurso será lançado no próximo ano. “É uma obra para fazer ainda neste mandato”, garantiu o autarca, referindo que “a educação é um dos pilares deste Executivo. Em cinco escolas que foram contempladas com fundos comunitários no Algarve, duas foram em Olhão, o que é de realçar”, destacou o autarca olhanense.

“Quero terminar este mandato com todas as escolas requalificadas”, garante ainda António Miguel Pina, revelando que “falta remodelar a EB Nº4, cujo projeto deverá estar pronto até final do ano. Temos já pronto o projeto de requalificação da escola de Quelfes e vamos iniciar os projetos das escolas Nº1 e de Brancanes”. Estas, para já, não têm financiamento, devendo as obras ascender a cerca de 2 milhões de euros.

Facebook Comments

Comentários no Facebook