Doenças da pele: Castro Marim rastreou 200 pessoas após a época balnear

Doenças da pele: Castro Marim rastreou 200 pessoas após a época balnear

349
PARTILHE
Iniciativa é anualmente desenvolvida pela autarquia antes e depois do Verão (Foto: D.R.)

Cerca de 200 pessoas aderiram ao rastreio gratuito do cancro e outras doenças de pele, promovido pela Câmara de Castro Marim, entre 10 e 12 de Outubro.

Destinado a toda a população, esta iniciativa é anualmente desenvolvida pela autarquia, repartindo-se em duas acções: uma antes do Verão, que se debruça também sobre os cuidados a ter com na exposição solar, e outra no mês de Outubro, depois do encerramento da época balnear.

A realização periódica destes rastreios tem permitido a detecção de lesões tumorais em fase inicial, que depois são encaminhadas com urgência para o Hospital de Faro. Também se realiza o tratamento de eventuais lesões pré-cancerígenas (queratoses actínicas) com azoto líquido, adquirido para o efeito.

À semelhança das acções anteriores, esta iniciativa contou com a colaboração voluntária da médica dermatologista Manuela Aguiar e com o apoio da Administração Regional de Saúde do Algarve, UCC Santo António de Arenilha e do Agrupamento de Centros de Saúde do Sotavento.

Facebook Comments

Comentários no Facebook