Detida mulher que fingiu que tinha cancro e burlou com peditórios

Detida mulher que fingiu que tinha cancro e burlou com peditórios

439
PARTILHE
Daniela angariou milhares de euros, através de campanhas solidárias (Foto: D.R.)

Daniela Costa, de 33 anos, disse durante dois anos que lutava contra um cancro no útero, que se teria estendido aos pulmões e depois aos ossos.

A suspeita, residente em Albufeira, angariou milhares de euros, através de campanhas solidárias promovidas por empresários e associações.

Daniela foi esta terça-feira detida pela GNR, por ordem do Ministério Público (MP) do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro por burla qualificada.

A mulher, casada e com tês filhos menores, é “suspeita de ter ao longo de anos angariado diversas quantias monetárias com a falsa alegação de ter uma doença oncológica e de precisar de dinheiro para tratamento”, avança o Correio da Manhã.

- Pub -

O inquérito é dirigido pela secção de Albufeira do DIAP de Faro. “A actuação de Daniela Costa foi desmascarada em Outubro do ano passado, quando a mulher estava na Fundação Champalimaud, em Lisboa, onde ia muitas vezes, fingindo sofrer de cancro”, afirma o CM.

Foto D.R.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook