Detida mulher que fingiu que tinha cancro e burlou com peditórios

Detida mulher que fingiu que tinha cancro e burlou com peditórios

971
PARTILHE
Daniela angariou milhares de euros, através de campanhas solidárias (Foto D.R.)

Daniela Costa, de 33 anos, disse durante dois anos que lutava contra um cancro no útero, que se teria estendido aos pulmões e depois aos ossos.

A suspeita, residente em Albufeira, angariou milhares de euros, através de campanhas solidárias promovidas por empresários e associações.

Daniela foi esta terça-feira detida pela GNR, por ordem do Ministério Público (MP) do Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) de Faro por burla qualificada.

A mulher, casada e com tês filhos menores, é “suspeita de ter ao longo de anos angariado diversas quantias monetárias com a falsa alegação de ter uma doença oncológica e de precisar de dinheiro para tratamento”, avança o Correio da Manhã.

O inquérito é dirigido pela secção de Albufeira do DIAP de Faro. “A actuação de Daniela Costa foi desmascarada em Outubro do ano passado, quando a mulher estava na Fundação Champalimaud, em Lisboa, onde ia muitas vezes, fingindo sofrer de cancro”, afirma o CM.

Foto D.R.

SAIBA MAIS:

Mulher fingia ter cancro burlando centenas de pessoas vai a julgamento

Finge ter cancro e burla centenas de pessoas durante três anos

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook