Encontro de acordeão anima Feirinha de Natal de Moncarapacho

Encontro de acordeão anima Feirinha de Natal de Moncarapacho [com fotogaleria]

177
PARTILHE

O 1º MONFOLE – Encontro de Acordeão de Moncarapacho vai decorrer no próximo fim-de-semana, 1 e 2 de Dezembro, no Pavilhão de Eventos, em Moncarapacho, integrado na 7ª Feirinha de Natal de Moncarapacho.

Jorge Alves, Rodrigo Maurício e Pedro Ivan são os músicos convidados para esta primeira edição e estarão em palco no sábado, a partir das 21 horas.

Com cerca de 40 expositores, a Feirinha de Natal abre as portas ao público às 15 horas do dia 1 de Dezembro. Além da animação musical os visitantes poderão adquirir artesanato, doçaria e uma grande variedade de outros produtos locais e regionais, ideais para uma boa prenda de Natal. A animação tem início às 16 horas com o Coro Juvenil Talitakum, seguindo-se hip-hop pelo grupo Urban Xpression, antecedendo a atuação do Grupo Coral da Universidade Sénior de Olhão. Às 21 horas começa o 1ª MONFOLE e em palco estarão os consagrados acordeonistas, reconhecidos internacionalmente, Jorge Alves e Pedro Ivan, naturais de Moncarapacho, e Rodrigo Maurício, da Lourinhã.

- Pub -

Domingo, 2 de Dezembro, é dia de Mercado Mensal de Moncarapacho e a Feirinha de Natal estará aberta a partir das 9 horas. Durante a manhã a música é oferecida pelos alunos da escolinhadohelder e na tarde (15h) os visitantes poderão apreciar um espetáculo de saxofone de Toi Picoito até ao encerramento do evento, previsto para as 17 horas.

A organização da 7ª Feirinha de Natal e do 1º MONFOLE é da União de Freguesias de Moncarapacho e Fuseta e as entradas são livres.

Jorge Alves é natural de Moncarapacho, tem 27 anos e começou os estudos musicais em acordeão, aos 9 anos, com o Profº Cláudio Martins.

Aos 13 anos iniciou a aprendizagem de clarinete na Banda Filarmónica 1º de Dezembro de Moncarapacho e em 2006 concluiu o curso de Regentes para Bandas Filarmónicas e concluiu também o 8º ano no Conservatório Regional do Algarve “Maria Campina”. Entre 2010 e 2013 efetuou o curso de direção de orquestra de sopros. Como maestro, dirigiu o grupo “LittleBand”. Obteve o 2º lugar no concurso “Rei do Acordeão em Portugal”, realizado pela RTP. Em 2016 lançou o primeiro trabalho discográfico, intitulado “Obrigado por tudo”.

Em 2018 finalizou o Mestrado em Música, na especialidade de Composição. Como júri ou músico convidado tem marcado presença em diversas galas e concursos em Portugal e no estrangeiro, com destaque para a presença no 68º Troféu Mundial de Acordeão, que se realizou recentemente (em Novembro) em Victória (Canadá). Actualmente, além de lecionar em diversos locais e de actuar a solo em festivais e galas de acordeão, integra também vários projectos musicais.

Rodrigo Maurício nasceu na Lourinhã e é licenciado em Ensino de Educação Musical pela Escola Superior de Educação de Lisboa. Frequentou vários cursos, entre os quais o Curso Livre de Acordeão, no Instituto Musical Vitorino Matoso, em Lisboa, e o Curso de Monitores do Centro de Arte Infantil da Fundação Calouste Gulbenkian. Desde 2002 que é autor e coordenador do projeto “Acordeão em espetáculo”. Entre 2004 e 2007 foi Professor/Monitor do projecto “Oficina de Acordeão”, no Sabugal.

Em 2007 foi o vencedor do “Prémio do Público”, no IV Festival Internacional “Acordeões do Mundo”, que se realizou em Torres Vedras. Em 2012 foi nomeado demonstrador oficial da “Mengascini”, prestigiada marca italiana de acordeões. Como músico solista tem várias participações em galas e festivais em diversos países e tem vários trabalhos discográficos, o último editado em 2018, intitulado “Rodrigo Maurício & Amigos”.

Pedro Ivan é natural da antiga freguesia de Moncarapacho, tem 17 anos e começou a aprender a tocar acordeão com dez anos de idade devido ao gosto por esse instrumento musical.

É um jovem promissor do acordeão português, tendo-se sagrado em junho deste ano em Alcobaça, Campeão Nacional na categoria de livre solista variete.

2018 foi um ano em cheio para Pedro Ivan, tendo vencido diversos prémios nacionais e internacionais e participado, em representação de Portugal, no 43º Grande Prémio de Castelfidardo (em Itália), obtendo o 8º lugar na categoria Júnior Virtuoso e esteve também presente na 71ª Copa Mundial de Acordeão, na Lituânia, tendo conseguido o 6º lugar na mesma categoria.

Este ano participou também no trabalho discográfico “O acordeão pela mão dos jovens”, Vol.III.

Facebook Comments

Comentários no Facebook