Inaugurada nova ETAR Faro-Olhão

Inaugurada nova ETAR Faro-Olhão [com fotogaleria]

942
PARTILHE

“Um dia muito feliz para Olhão e para o Algarve”, foi assim que o presidente da Câmara de Olhão, António Miguel Pina, reagiu à inauguração da nova ETAR Faro-Olhão. A cerimónia oficial, que decorreu na manhã desta quarta feira, 28 de Novembro, foi presidida pelo ministro do Ambiente, Matos Fernandes.

Na ocasião, o autarca olhanense considerou que, com a inauguração do novo equipamento, se fecha um ciclo de mais de 20 anos, lembrando que “a desclassificação dos viveiros da Ria Formosa foi um acontecimento decisivo para que se avançasse, de forma definitiva, para a construção desta ETAR”.

A entrada em funcionamento da ETAR Faro-Olhão permite desactivar a ETAR Olhão Poente, que se encontrava subdimensionada e obsoleta, contribuindo, de acordo com a Águas do Algarve, “para aumentar os níveis de atendimento e melhorar a qualidade de vida das populações e a qualidade ambiental da Ria Formosa”.

A ETAR representa um investimento de cerca de 21 milhões de euros, dispõe do sistema de tratamento mais avançado a nível nacional e recorre a tecnologia de ponta sem par na Península Ibérica, assente num tratamento biológico dos efluentes que permite reduzir a sua área de implantação e as emissões de carbono, e que se traduz numa melhoria substancial da qualidade das águas tratadas, contribuindo, assim, para a melhoria global do ambiente na Ria Formosa.

A nova ETAR Faro-Olhão irá tratar as águas residuais de uma população de cerca de 113 mil habitantes dos concelhos de Faro, Olhão e S. Brás de Alportel.

Para que todo o sistema funcione em condições óptimas, a Águas do Algarve irá avançar em breve com uma intervenção de modernização nas estações elevatórias do Mercado e 11 de Março, que integram os subsistemas que afluirão à nova Estação de Tratamento de Águas Residuais de Faro-Olhão.

Quanto à ETAR Olhão Nascente, irá também ser alvo de uma intervenção de ampliação e modernização, cujo projecto se encontra em execução.

Mais em: 32 anos depois do terreno adquirido, nova ETAR protege Ria Formosa

Facebook Comments

Comentários no Facebook