Rita Redshoes & Bruno Santos animam “Serões de Outono” em Santo Estêvão

Rita Redshoes & Bruno Santos animam “Serões de Outono” em Santo Estêvão

632
PARTILHE
- PUB -
Rita Redshoes lançou “Her” em Novembro de 2016 (Foto: D.R.)

A Casa do Povo de Santo Estêvão, em Tavira, acolhe este sábado, 17 de Novembro, pelas 22 horas, o concerto de Rita Redshoes com o guitarrista Bruno Santos, no âmbito do programa “Serões de Outono”.

Rita Redshoes iniciou o seu percurso como baterista num grupo de teatro de escola, passou por inúmeros projectos musicais como autora e intérprete, onde tocou muitos instrumentos e gravou vários discos com Atomic Bees, Photographs, Rebel Red Dog, David Fonseca, The Legendary Tigerman, Noiserv. Tem colaborado em inúmeras bandas sonoras premiadas para teatro e cinema, tendo, inclusivamente, discos editados nesta área.

A artista tocou recentemente no lendário Joe’s Pub, em Nova Iorque, e apresentou, na mesma cidade e, em Berlim, a banda sonora original do documentário “Portugueses no Soho”, de Ana Ventura Miranda.

Em 2016, depois de “Golden Era” (2008), “Lights & Darks” (2010) e de “Life is a Second of Love” (2014), Rita Redshoes rumou a Berlim, onde gravou o seu quarto álbum de estúdio.

O novo registo discográfico, “Her” contou com a produção de Victor Van Vugt, produtor de trabalhos de Nick Cave e de Beth Orton.

Para além de ser o álbum em que a artista mais instrumentos tocou (piano, omnichord, teclados e guitarra acústica) é também o trabalho em que Rita escreve e interpreta, pela primeira vez a solo, três temas em português, um dos quais em co-autoria com Pedro da Silva Martins.

Esta edição dos “Serões de Outono” fica marcada pela continuada aposta na qualidade dos intérpretes, prevendo-se, ainda, pelas 22 horas, as seguintes actuações:

Dia 01.12: Kimi Djabate (programação inserida no Outonalidades)

Dia 15.12: Tó Trips & João Doce

A iniciativa “Serões de Outono” é organizada pela Casa do Povo de Santo Estêvão, a qual conta com o apoio do Município de Tavira, da Freguesia de Luz de Tavira e Santo Estêvão, da Direcção Regional de Cultura do Algarve e da Quinta Soria Moria.

Conforme explica a organização “o objectivo consiste em garantir uma programação de qualidade, no barrocal do concelho, no período de época baixa”.

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook