Homem que agredia turistas e residentes na Ilha da Culatra vai ser...

Homem que agredia turistas e residentes na Ilha da Culatra vai ser julgado

354
PARTILHE
O homem, de 32 anos, está acusado de 19 crimes (Foto: D.R.)

Um homem acusado de agredir vários turistas e moradores da Ilha da Culatra, no concelho de Faro, no Verão passado, vai ser julgado por um tribunal coletivo, informou esta terça-feira, 22 de Janeiro, o Ministério Público de Faro.

O homem, de 32 anos, residente no núcleo dos Hangares daquela ilha-barreira da Ria Formosa, está acusado de 19 crimes de violação de domicílio, ameaça, ofensa à integridade física, dano, furto e roubo, alguns deles agravados.

Segundo a acusação, os factos ocorreram entre 17 de Julho e 30 de Setembro de 2018 em diversos núcleos habitacionais da ilha, tendo sido ofendidos diversos moradores e turistas, lê-se na nota publicada no sítio da internet daquele organismo.

O arguido, que tem antecedentes criminais, foi submetido a um processo de perícia médico-legal do foro psiquiátrico que concluiu pela sua imputabilidade penal, o que significa que tem consciência e pode ser responsabilizado pelos seus actos.

O processo foi arquivado relativamente a diversos factos suscetíveis de constituir crimes de ameaça, furto e ofensa à integridade física, que terão ocorrido na mesma altura, pois os ofendidos ou não apresentaram queixa ou desistiram da queixa, segundo a Lusa.

A investigação foi dirigida pelo Departamento de Investigação e Ação Penal (DIAP) do Ministério Público de Faro, coadjuvado pela Polícia Marítima.

O arguido encontra-se em prisão preventiva.

Facebook Comments

Comentários no Facebook