Linces já voltaram a Silves após o incêndio de Agosto (Vídeo)

Linces já voltaram a Silves após o incêndio de Agosto (Vídeo)

537
PARTILHE
Veja em cima o vídeo da cópula do casal de linces Juromenha e Enebro, registado em Janeiro deste ano (D.R.)

De volta à normalidade após o incêndio de Agosto de 2018, os linces voltaram finalmente a Silves, após a ameaça do fogo ter obrigado à captura urgente e evacuação dos animais para outros centros de reprodução em Espanha.

Segundo informa o site do ICNF – Instituto da Conservação da Natureza e das Florestas, “Os parques em que se encontravam os linces-ibéricos residentes no Centro Nacional de Reprodução de Lince Ibérico (CNRLI) sofreram extensos danos pelo fogo após o incêndio de Monchique que assolou a região no início do mês de agosto de 2018. Esta ameaça obrigou à captura urgente e evacuação dos animais para outros centros de reprodução em Espanha a 8 e 9 de agosto, e a extensas obras de recuperação das instalações para animais bem como a obras e reparações noutras infraestruturas e equipamentos danificados pelo fogo.

Após a conclusão da maioria das obras, e devido à necessidade urgente de aliviar a sobrecarga de animais nos restantes centros do Programa de Conservação Ex Situ do Lince Ibérico em Espanha, chegaram de volta os linces ao CNRLI. O processo iniciou-se a 4 de dezembro com a chegada dos primeiros quatro animais, e finalizou-se a 18 do mesmo mês com a chegada do macho Drago.

Este calendário permitiu que os outros centros de cria iniciassem os trabalhos de formação de casais para a atual temporada de reprodução de forma atempada, de modo a que não se pusesse em risco a reprodução em todos os centros do Programa.

Os emparelhamentos no CNRLI começaram, portanto, atrasados em relação ao calendário normal, não só pela data de chegada dos animais mas também devido à necessária recolocação, adaptação e recuperação dos animais após todo o processo de evacuação e transportes consecutivos.

Os primeiros animais foram emparelhados a 27 de dezembro, tendo o último emparelhamento ocorrido a 17 de janeiro. Foram criados 6 casais, e de forma algo surpreendente, 5 destes já iniciaram o período de cópulas:

  • Casal (fêmea x macho): Juromenha x Enebro
  • Data de parto estimada: 12/03/19
  • Casal (fêmea x macho): Jabaluna x Hermes
  • Data de parto estimada: 21/03/19
  • Casal (fêmea x macho) : Era x Fado
  • Data de parto estimada: 13/03/19
  • Casal (fêmea x macho): Káida x Fresco
  • Data de parto estimada: 16/03/19
  • Casal (fêmea x macho) : Artemisa x Madagáscar
  • Data de parto estimada –
  • Casal (fêmea x macho) : Biznaga x Drago
  • Data de parto estimada: 22/03/19

A fêmea Artemisa não entrou ainda em cio, podendo verificar-se – dada a sua idade – o fim da sua vida reprodutiva. Recorde-se que apesar de ter entrado em cio duas vezes e por duas vezes ter copulado normalmente, não ficou gestante em 2018. As fêmeas Flora e Juncia estão também aparentemente em cio e poderão ser brevemente sujeitas a inseminação artificial com esperma dos machos Fado e Jerte.

Dadas as circunstâncias extraordinárias causadas pelo incêndio de Monchique no CNRLI e o potencial impacto da evacuação no bem-estar dos linces-ibéricos aí albergados, não será de esperar que todas as fêmeas fiquem gestantes apesar de apresentarem comportamento reprodutivo.

De qualquer forma, é muito animador e recompensador que os linces-ibéricos estejam maioritariamente a voltar à normalidade. É também testemunho do fantástico trabalho realizado pelos centros de cria em Espanha com os linces do CNRLI enquanto estes aí se encontraram”.


#A Boca no Trombone é uma rubrica do jornal Postal do Algarve que assenta no “Direito à Indignação”. É um espaço que dá primazia às denúncias fundamentadas dos nossos leitores e às incoerências detetadas pelos jornalistas do POSTAL.
## Sobre a informação que o POSTAL recolheu do site do ICNF [aqui partilhada para os nossos leitores], a qual desde já agradecemos, a nossa indignação pelo facto do site não informar a data e hora da publicação do mesmo. np nosso entender, deveria ser “obrigação” a publicação de data e hora de qualquer publicação online a bem de uma maior transparência.

Facebook Comments

Comentários no Facebook