Autoridade Marítima alerta para cuidados a ter nas praias e zonas costeiras

Autoridade Marítima alerta para cuidados a ter nas praias e zonas costeiras

419
PARTILHE
Autoridade Marítima Nacional recomenda que não vá a banhos (Foto: D.R.)

A previsão de tempo quente no próximo fim-de-semana pode convidar a população a frequentar as praias, contudo, a Autoridade Marítima Nacional recomenda que “não vá a banhos e alerta para os cuidados nas praias, nas zonas costeiras e para a importância da adopção de um comportamento de segurança”.

​É importante ter em conta que o mar nesta época do ano é um mar de Inverno, e as praias e zonas de costa apresentam risco elevado devido aos efeitos da agitação marítima que se tem verificado nos últimos tempos, apresentando também a sua morfologia alterada pelo efeito da ondulação forte que se verifica normalmente neste período do ano, encontrando-se nelas fundões, declives acentuados, remoinhos e agueiros.

A ondulação esperada será do quadrante oeste / noroeste com altura significativa entre os dois e os três metros.

Este é também um período de águas vivas, registando-se uma maior amplitude entre a altura da baixa-mar e da preia-mar, originando correntes mais fortes.

Alguns destes fenómenos não são visíveis, acarretando perigo para quem entrar na água.

Adicionalmente, as praias não estão vigiadas, não está disponível o equipamento para socorro a náufragos, podendo a assistência ser mais demorada.

Assim, a Autoridade Marítima Nacional recomenda:

– Não ir a banhos;

– Vigiar permanentemente as crianças e não permitir que se afastem, mantendo-as sempre próximas de um adulto;

– Evitar comportamentos de risco, não se aproximando da água ou caminhar na areia molhada. Não vire as costas ao mar e ofereça sempre uma distância de segurança em relação à linha de água, evitando ser surpreendido por uma onda;

– Caso testemunhe uma situação de perigo dentro de água, não entrar e pedir ajuda através do 112.

A Autoridade Marítima Nacional irá reforçar a vigilância na orla costeira e no mar. Este reforço destina-se especialmente à sensibilização e prevenção de eventuais situações de risco.

Facebook Comments

Comentários no Facebook