Daniel Santana apresenta livro sobre Diogo Tavares e Ataíde no Museu Municipal...

Daniel Santana apresenta livro sobre Diogo Tavares e Ataíde no Museu Municipal de Faro

456
PARTILHE
Museu de Faro
Diogo Tavares e Ataíde foi responsável por obras de relevo no Algarve (Foto: D.R.)

O livro “Diogo Tavares e Ataíde. Arquiteto Algarvio (1711-1765)”, de autoria de Daniel Santana, vai ser apresentado no próximo dia 23 de Fevereiro, um sábado, pelas 18 horas, no Museu Municipal de Faro.

A cerimónia conta com as intervenções de José Eduardo Horta Correia, que apresentará a obra; Marco Lopes, director do Museu Municipal de Faro; Fernando Mão de Ferro, responsável das Edições Colibri, assim como de Daniel Santana.

A obra analisa “o panorama artístico do Algarve no século XVIII e reúne os dados apurados sobre a vida e obra de Diogo Tavares e Ataíde, uma das personalidades mais marcantes do Barroco algarvio, resgatado do esquecimento em finais do século XX a partir dos estudos pioneiros de Francisco Lameira e de José Eduardo Horta Correia”, explica Daniel Santana.

A capa da obra de Daniel Santana

Diogo Tavares e Ataíde (Faro, 1711 – Lagoa, 1765) foi responsável por obras de relevo na região, como as igrejas do Carmo, São Francisco e o complexo da Horta do Ourives em Faro; ou ainda o convento da Graça, o Palácio da Galeria e as igrejas do Espírito Santo e de São Pedro Gonçalves Telmo de Tavira, entre outras. Reconhecido arquitecto e escultor, na época designado como “entalhador de pedra”, foi autor de retábulos, túmulos e decorações arquitectónicas que exprimem uma sensibilidade barroca. Muitas das suas obras serviram de experimentação de uma estética mais atual e arrojada no Algarve – aos modos da corte -, servindo também os anseios de afirmação dos mais eminentes grupos e figuras da sociedade algarvia da época.

A obra, com prefácio de Vítor Serrão e nota introdutória de Alexandra Rodrigues Gonçalves, baseia-se na tese de mestrado defendida pelo autor na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, reunindo os apoios da Direcção Regional da Cultura do Algarve, dos Municípios de Faro, Lagoa, Loulé, Portimão e Tavira, e da União de Freguesias de Faro.

Facebook Comments

Comentários no Facebook