Britânicos representam 17% da receita turística. 70% diz respeito ao Algarve

Britânicos representam 17% da receita turística. 70% diz respeito ao Algarve

379
PARTILHE
NERA recebeu seminário acerca do Brexit (Foto: Andrea Camilo)

João Correia Neves, secretário de Estado da economia, deslocou-se a Loulé, nesta sexta-feira, 8 de março, na sequência da sua participação no roteiro Encontros para a Competitividade e Inovação, e participou no seminário “Brexit – Oportunidades e desafios para as PME”, organizado pelo IPAMEI, AICEP, GDAE e NERA.

Empresas foram alertadas para as consequências do Brexit

Como tema central do seminário esteve a possível saída do Reino Unido da União Europeia (UE), no próximo dia 29 de março (caso não haja decisão para se adiar a data de saída), assim como uma mensagem de alerta às empresas para os impactos do Brexit ao nível do comércio de serviços, do turismo e dos impactos sectoriais na exportação de produtos.

O secretário de Estado da economia juntou-se a Vítor Neto, presidente do NERA, João Valera, embaixador do Ministério dos Negócios Estrangeiros, João Fernandes, presidente da RTA e a Pedro Pimpão, vice-presidente da Câmara Municipal de Loulé, para expor as preocupações do país e debater os motivos políticos e económicos que motivam o Brexit.

Em cima da mesa estiveram as consequências da possível concretização da saída do Reino Unido da UE que, tal como afirma João Correia Neves, “vem agravar os fatores de destabilização daquilo que é o ambiente de construção da União Europeia”, dizendo ainda que, para Portugal, o mais correto será “a preparação para o pior cenário, a saída (do Reino Unido) sem acordo, mas ficar sempre à espera do melhor”.

Turismo algarvio poderá sentir consequências

As preocupações do Governo prendem-se, em grande parte, com o seu maior produto de exportação para o Reino Unido: o turismo. Os britânicos são o maior cliente turístico para Portugal, totalizando 17% da receita turística portuguesa sendo que, desta percentagem, 70% diz respeito ao Algarve, dados adiantados por Vítor Neto, que diz estar em concordância com “as estratégias do Governo, que procura preservar as relações bilaterais com o Reino Unido”.

(Andrea Camilo / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook