Faro vai ser a Capital Europeia da Cultura em 2027?

Faro vai ser a Capital Europeia da Cultura em 2027?

926
PARTILHE
- PUB -
Faro quer estar ao nível do melhor que se faz em Portugal e na Europa (Foto D.R.)

O presidente da Câmara Municipal de Faro, Rogério Bacalhau, é claro e volta a insistir na candidatura de Faro a Capital Europeia da Cultura em 2027.

Em nota de imprensa enviado há pouco para a comunicação social, afirma sobre o prestigiado prémio atribuído ontem pela Sociedade Portuguesa de Autores (SPA) – Melhor Programação Cultural Autárquica – que “é um prémio que mostra que existe um Algarve para além do Sol e do Mar. Que quer estar ao nível do melhor que se faz em Portugal e na Europa; que nos incentiva a cada vez mais apoiarmos o sector cultural; que nos incentiva para os desafios do futuro: continuar a apostar na cultura como um factor de desenvolvimento das sociedades e que nos motiva a apresentar a candidatura a Capital Europeia da Cultura em 2027”.

Rogério Bacalhau agradece à SPA e relembra, através da sua página pessoal de Facebook, que o prémio não é apenas uma pessoa ou entidade. “Esta não será nunca apenas a melhor programação cultural autárquica do país: hoje celebramos muito mais que isso! Hoje celebramos um passado recente, feito de gentes e dificuldades, com quase nada mas vontade de tudo! Será assim, sempre assim, que continuaremos a construir este futuro risonho! Faro, este é o prémio de todos nós!”, enaltece Rogério Bacalhau.

Porquê Faro?

Tó Zé Brito, vice-presidente da SPA, justifica a atribuição “pelo crescimento notável na qualidade e quantidade de oferta cultural, levando ao Algarve um dinamismo que deixou de ser sazonal e tem recebido da população uma adesão muito importante.”

Para Rogério Bacalhau, “é um prémio que reconhece, acima de tudo, o empenho dos agentes culturais que trabalham com dedicação em toda a região do Algarve e dos técnicos do município, capazes de fazerem muito com pouco. O nosso muito obrigado à SPA”.

Mais de 50.000 pessoas em 2018

Segundo a nota de imprensa, “2018 consolidou a realização de diversos eventos que têm vindo a afirmar a cidade nas ruas, como o Alameda Beer Fest e o Baixa Street Fest. Na música destacam-se o Festival de Guitarras de Faro, Os Dias do Jazz e a 5a edição do último grande festival de Verão, o Festival F. Na área do Património, o mosaico romano do Deus Oceano foi classificado Tesouro Nacional, foram terminados os restauros da estátua D. Afonso III, do portal renascentista do antigo Convento de Nossa Senhora da Assunção e a Ermida de Santo António do Alto. Faro recebeu ainda a Exposição do Surrealismo, com a Fundação Millennium BCP, e a exposição de azulejaria da colecção Ramalho Ortigão, entre muitas outras iniciativas na área das artes plásticas, com destaque para as parcerias com Serralves e com o Museu de Belas Artes de Sevilha”.

“O Teatro das Figuras, que se impôs como um dos mais importantes equipamentos culturais do sul do país, palco de uma programação eclética de teatro, dança e música, continua a cumprir a sua missão de captação e fidelização de públicos, tendo recebido mais de 50.000 pessoas em 2018”.

“O Prémio de Melhor Programação Cultural Autárquica da SPA é assim entregue ao município de Faro após um ano com várias iniciativas culturais, que reflectem o envolvimento crescente da comunidade, das diversas colectividades e das associações do concelho. Sinais cada vez mais mobilizadores rumo ao objectivo de fazer de Faro a Capital Europeia da Cultura em 2027”.

Mais em: Prémio SPA: Faro tem a Melhor Programação Cultural Autárquica do país

Facebook Comments

Comentários no Facebook