Kássio regressa aos palcos com o single “Meu Alentejo” (videoclipe )

Kássio regressa aos palcos com o single “Meu Alentejo” (videoclipe )

378
PARTILHE

 

 

Kássio participa num projecto de homenagem a António Variações (Foto: D.R.)

Kássio regressou, este ano, ao cenário musical com a reedição do single “Completamente Louco”, tema que o popularizou, bem como os singles “Balança Balança”, “Se Eu Pudesse Te Beijar”, ” Deus deixou Escrito”,“Voltar no Tempo” e “Meu Alentejo”, após uma tour aos Estados Unidos, Inglaterra, França, Suíça, Alemanha.

No decorrer de 2018, Kássio foi nomeado por um painel de especialistas da indústria musical de todo o mundo em três categorias: “Dance”, “Pop” e “Música Popular” para prémios IPMA (Internacional Portuguese Music Awards), Prémio Internacional da Música Portuguesa, onde fez com que tivesse os maiores destaques na Imprensa Escrita , TV e Rádios.

No decorrer de 2018, Kássio recebe também o convite para representar Portugal nos Prémios da Lusofonia.

Em 2016 a carreira de Kássio é marcada pela participação num magistral dueto do eterno Clássico “Lágrima”, com Maria Lisboa no Coliseu do Porto, e também pelo lançamento do seu quinto trabalho discográfico “Momentos”, que se reflete nos palcos que Kássio pisou, países onde actuou, amizades que travou, momentos chaves que encontrou e viveu “Momentos”, grande parte gravado nos Estados Unidos, composto por 15 temas de onde se destacam os singles: “Completamente Louco” e “Povo Que Lavas No Rio”, um fado com letra do poeta Pedro Homem de Mello, interpretada originalmente por Amália Rodrigues, com música de Joaquim Campos, agora numa versão muito própria na voz de Kássio.

Lenço, roupas arrojadas de sua criação e olhos com contornos pretos foi a imagem que o público se habituou ver associada ao cantor Kássio, mas agora em 2018 com o lançamento de novos singles, Kássio surge com um visual diferente e mais maduro.

A carreira de Kássio está também a ser marcada por um projecto de homenagem a António Variações, que dá pelo nome “àVariações”, que lhe tem valido grandes elogios e segundo a crítica da imprensa, Kássio mesmo sem o imitar, “é inevitável a semelhança nos trejeitos e até no timbre de voz”, o cantor Kássio aproxima-se de “António Variações, sendo uma dos melhores e mais fiéis homenagens já feitas ao cantor e compositor”.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook