Lagoa: Junta de Freguesia de Ferragudo inaugura nova sede

Lagoa: Junta de Freguesia de Ferragudo inaugura nova sede

299
PARTILHE

Situada na baixa de Ferragudo, a nova sede da junta de freguesia foi inaugurada na manhã de 6 de março, pelo secretário de Estado da Defesa do Consumidor, João Torres, pelo presidente da Câmara de Lagoa, Francisco Martins, e pelo presidente da junta Luís Veríssimo. Participaram, ainda, na inauguração o presidente da Assembleia Municipal Águas da Cruz, o executivo municipal e outras personalidades locais.

A localização privilegiada, a ausência de barreiras arquitetónicas e a dimensão do espaço são as primeiras características da nova sede da junta de freguesia.

O Presidente da Câmara de Lagoa, Francisco Martins, sublinhou na cerimónia de inauguração que faz parte do seu projeto autárquico “dignificar as freguesias do seu concelho e que isso começa pelo espaço”.  As antigas instalações desta Junta tinham problemas de dimensão, de acessibilidades, de qualidade. “Desde 2013, altura em que cheguei à Câmara que procuramos, juntos, a melhor de várias soluções possíveis. Hoje estamos aqui, e este é um dia de festa para Ferragudo e para o concelho de Lagoa” acrescentou.

Nova sede tem mais condições de acessibilidade

“Grande parte das pessoas que recorrem à Junta de Ferragudo são pessoas idosas e por isso temos que olhar para a acessibilidade com muita atenção”, alertou o presidente Francisco Martins justificando o investimento do Município no espaço privilegiado que é agora a nova casa da Junta.

245 mil euros foi o valor da aquisição da antiga loja, suportada pelo Município, e que agora integra um serviço de apoio ao cidadão, o balcão dos CTT, a caixa multibanco, no mesmo espaço onde os órgãos autárquicos da Freguesia – a Assembleia e a Junta – desenvolvem as suas atividades e recebem os fregueses de Ferragudo.

Antes do descerramento da lápide afixada junto à porta das novas instalações, o secretário de Estado, João Torres, destacou o papel do poder autárquico “verdadeiramente transformador” do nosso país nos últimos 45 anos. Agradeceu, reconheceu e incentivou os autarcas a “continuarem a dar sentido, prestígio, e o melhor de si ao poder local, seja na Câmara, na Assembleia Municipal, ou nas Freguesias, este que é muitas vezes o primeiro nível de contacto com os problemas que as pessoas têm no seu dia-a-dia”. Elogiou ainda o nível de colaboração e entendimento entre os vários órgãos autárquicos em Lagoa.

(Eunice Silva / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook