Quarteira: “Rota dos Mercados” revitaliza economia local

Quarteira: “Rota dos Mercados” revitaliza economia local

384
PARTILHE
Os residentes e visitantes terão oportunidade de se deslocarem de autocarro (Foto de arquivo: D.R.)

A Junta de Freguesia de Quarteira lançou a “Rota dos Mercados”, que tem como objetivo dinamizar a economia local através dos mercados tradicionais.

Com este projeto, os residentes e visitantes terão oportunidade de se deslocarem de autocarro, uma vez por semana, a três espaços emblemáticos da cidade, para fazerem compras ou apenas visitas turísticas.

O circuito terá início na próxima quarta-feira, 13 de março, e funcionará todas as semanas, sempre à quarta-feira, entre as 9:30 horas e as 12:30 horas, em regime gratuito.

O autocarro fará três paragens, nomeadamente no Mercado da Roupa (conhecido por “Gypsy Market”) na Fonte Santa, no Largo dos Mercados (onde se localizam os Mercados da Fruta e do Peixe, com ida a pé até ao Mercado de Produtores de Frutas e Legumes) e no calçadão, onde os participantes serão convidados a apreciar a praia e a visitar os espaços comerciais e de restauração localizados nesta zona da cidade.

O circuito funcionará todas as quartas-feiras em regime gratuito (Foto: D.R.)

“Os mercados e toda a vida envolvente à sua atividade são elementos muito fortes na identidade da nossa Freguesia, por isso há que criar estratégias próprias para este setor, garantindo a sua preservação”, refere o presidente da Junta de Freguesia de Quarteira, Telmo Pinto, observando que, dessa forma, é possível “garantir também a continuidade de muitas profissões associadas às atividades que se desenvolvem nos mercados”.

A “Rota dos Mercados”, que conta com o apoio da Câmara de Loulé, estará em vigor durante todo o ano e permitirá, não só revitalizar alguns espaços de venda ambulante como o outrora famoso ‘Gypsy Market’, como facilitar a deslocação de cidadãos sem transporte próprio aos mercados mais afastados das suas zonas de residência.

“Desta forma estamos a apoiar, não apenas as famílias que dependem da existência dos mercados estimulando a sua continuidade, mas também a população com mais dificuldade de acesso a estes espaços de venda”, observa o autarca, para salientar a importância dos mercados tradicionais no setor turístico.

“Atendendo à tipicidade destes locais e à qualidade dos produtos que são aqui comercializados, os mercados locais influenciam muito o interesse de turistas nacionais e estrangeiros pela nossa cidade”, considera Telmo Pinto, que aponta a fama do pescado capturado na costa de Quarteira como um dos grandes atrativos turísticos da freguesia.

(ES/CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook