Albufeira é palco de caminhada amiga do ambiente

Albufeira é palco de caminhada amiga do ambiente [fotogaleria]

746
PARTILHE

Alegria, boa disposição, vontade de fazer mais e melhor… Estes foram os ingredientes que rechearam a cidade de Albufeira durante a manhã deste sábado, 13 de abril.

Cerca de duas dezenas de pessoas promoveram uma caminhada em conjunto com os animais, permitindo, deste modo, dar a conhecer locais desconhecidos da cidade. Pelo caminho os participantes fizeram uma recolha do lixo que encontraram.

O POSTAL juntou-se à iniciativa e também foi caminhar.
A atividade teve início às 10 e prolongou-se até às 11:30h, num percurso de aproximadamente 4 km.

Esta iniciativa resultou de uma parceria entre o Rotary Club Albufeira, a associação Pata Ativa e a JuvAlbuhera – Associação Juvenil de Albufeira.

Ana Castro, presidente da associação Pata Ativa explicou ao POSTAL um pouco sobre a ideia, “nós costumamos fazer caminhadas, eco-caminhadas onde incluimos animais e onde fazemos a recolha de lixo. Nós desenvolvemos atividades com os animais do canil. O Rotary Club já fazia caminhadas e o JuvAlbuhera juntou-se à iniciativa porque pretende promover atividades com os jovens. Vamos fazer uma junção entre estas três entidades que pretendem meter a juventude a mexer”.

“Esta é a primeira de muitas. Vamos dar a conhecer Albufeira, todos os caminhos e paisagens que ninguém conhece e meter toda a gente a mexer”, concluiu.

Por sua vez, Roberto Leandro, presidente da JuvAlbuhera explicou ao POSTAL um pouco do trabalho que a sua associação tem desenvolvido, “a JuvAlbuhera nasceu em 22 de Outubro de 2018 da vontade de três amigos que tinham o sonho e a ambição de fazer algo mais pelo concelho. Esta é, portanto, uma associação focada na juventude do nosso concelho atuando com e para os jovens, entre os 13 e os 35 anos. Nós atuamos em vários setores, desde o apoio à educação formal e não formal, apoio às artes, desporto, saúde, passando por outras questões sociais que hoje são muito prementes, como a questão da habitação, das dependências e da alienação de alguns jovens. Esta associação vê-se um pouco como um irmão mais velho que está aqui para guiar os jovens e ajudá-los a resolver problemas”.

Quanto à caminhada em concreto referiu que “nós queremos em parceria com a Pata Ativa e com o Rotary apelar para esta questão da importância do conhecimento do nosso património natural e proporcionar o maior bem estar possível aos animais e às pessoas. É muito importante esta parte de caminhar, socializar e meter as pessoas em contacto com a natureza”.

“É de realçar que existe da nossa parte uma preocupação ecológica associada porque temos de pensar no futuro e no que estará cá em termos ambientais para as gerações que aí vêm. A JuvAlbuhera quer ter um lado ecológico em em todas as caminhadas que fizer para lembrar que é importante termos um melhor ambiente para nós e para os nossos animais”, concluiu.

Anabela Santos, participante, disse ao POSTAL que “acho que é muito importante realizar este tipo de iniciativas porque faz bem à saúde e existe esta parte ecológica associada onde todos podemos contribuir”.

Cristiano Santos foi também um dos participantes e veio acompanhado pela família. Ao POSTAL disse que “esta iniciativa é importante para o concelho de Albufeira que é um concelho que por vezes deixa um pouco de lado a responsabilidade social, neste caso concreto no que diz respeito à limpeza. Para nós acaba por ser bom porque estamos em família. Vim com a minha mulher, os meus dois filhos e acabámos por trazer o nosso cãozinho que também faz parte da família. Tivemos uma manhã agradável a ajudar um bocadinho o ambiente e a fazer parte desta iniciativa que é deveras importante. É a primeira vez que participo mas não será certamente a última”.

“Eu acho que é o objetivo central foi mesmo partilhar o gosto que temos em comum que são os animais e trazer um bocadinho desta responsabilidade social de mantermos o espaço em que vivemos em melhores condições. Em suma, foi juntar a preocupação ambiental à paixão pelos animais”.

Para Otelo Cabrita, presidente do Rotary Club, “esta iniciativa foi mais um pretexto para levar os animais e as pessoas a respirar ar puro. É de realçar o facto de as pessoas se refugiarem cada vez mais em frente à televisão. Todos nós devemos contribuir para lutar contra isso, pois é imprescindível que as pessoas se mexam. É essencial levar as pessoas a conhecer a cidade, os campos e é claramente importante a parte do convívio”.

Maria João Barbedo, participante disse ainda ao POSTAL que “acho que é esta atividade é super valiosa. É muito bom ver várias gerações aqui hoje a participar nesta iniciativa. Eu não sou de cá e para mim foi muito positivo conhecer a região a andar. É um três em um: conhecemos a cidade, estamos com os animais e fazemos esta parte da recolha de lixo. Não deixa de ser chocante como é que nos dias de hoje ainda fazem depósitos de lixo tão grandes em ribeiras e zonas mais escondidas”.

Por fim referiu que esta “foi uma iniciativa positiva do ponto de vista humano mas muito chocante. Acho que faz falta que estas iniciativas continuem a acontecer, que sejam mais e melhor comunicadas e que haja principalmente junto dos jovens essa consciencialização e promoção”.

As entidades organizadores pretendem replicar estas caminhadas pelo menos uma vez por mês.
Fique atento e participe nas próximas caminhadas realizadas na  cidade de Albufeira e não se esqueça de trazer o seu animal de estimação.

(Stefanie Palma / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook