Chuva não parou as comemorações do Dia Mundial da Saúde em Faro

Chuva não parou as comemorações do Dia Mundial da Saúde em Faro

454
PARTILHE

A União das Freguesias de Faro (Sé e São Pedro) comemorou hoje, dia 7 de abril, o Dia Mundial da Saúde. Para isso, foi organizada a 2ª edição da Feira da Saúde, no relvado do Parque de Lazer das Figuras, entre as 10 horas e as 17 horas.

A iniciativa iniciou-se com um aquecimento pelo Judo Clube do Algarve, seguida da caminhada “Dia Mundial da Saúde”. “Os objectivos desta iniciativa passam por divulgar os serviços de saúde que a junta de freguesia presta. Pretende, igualmente, divulgar serviços que outras entidades prestam no âmbito da saúde”, disse ao POSTAL Davide Alpestana, vogal da União de Freguesias de Faro e membro da organização do evento. Salientou, ainda que “este é um evento que gera sempre bastante interesse de vários segmentos. Por exemplo, temos aqui desde a presença do IPDJ, com questões de saúde mais juvenil, à Provectus que é uma entidade de apoio ao envelhecimento. Temos uma mostra de oferta que abrange muita gente”.

Na mostra, foi possível encontrar 14 tendas de entidades que apoiam desde o bem-estar físico à alimentação saudável, promovendo alimentos biológicos provenientes de produtores locais, como é o caso da Bio Nature. Também foram realizados rastreios pela Associação Oncológica do Algarve e pela Associação para o Estudo da Diabetes Mellitus e Apoio ao Diabético do Algarve (AEDMADA), entre outros.

“As nossas expectativas eram muito maiores há uma semana com o bom tempo. Queríamos que viesse muito mais gente, que se conhecesse aquilo que se faz na freguesia e aquilo que as outras entidades fazem, mas mesmo assim estamos com uma boa afluência”, adiantou a tesoureira da União das Freguesias de Faro, Elisabete Vargues.

Durante a mostra, decorreram várias atividades programadas; as desportivas pelo Judo Clube do Algarve; as de animação sociocultural pelos alunos da Escola Profissional D. Francisco Gomes D’Avelar e a de jovens apoiados pelo Centro Comunitário Horta da Areia da Fundação António Silva Leal.

Sobre as comemorações, a presidente da Associação Oncológica do Algarve, Maria de Lurdes dos Santos Pereira, salientou que “para a população de Faro é sempre bom porque a prática de um exercício ao ar livre é saudável. É bom para as pessoas ativarem a sua musculatura, a sua respiração e a sua circulação sanguínea. A meu ver, deveriam existir mais eventos do género”.

(Eunice Silva / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook