Loulé atribui mais de 750 mil euros a clubes do concelho

Loulé atribui mais de 750 mil euros a clubes do concelho

319
PARTILHE
A Câmara Municipal de Loulé celebrou 25 contratos-programa com clubes (Foto: D.R.)

A Câmara Municipal de Loulé celebrou 25 contratos-programa com clubes, através dos quais será distribuída uma verba que ascende a 750 mil euros ao movimento associativo local.

Para conseguir entrar no programa são tidos em consideração alguns critérios como número de atletas federados e residentes no concelho que o clube integra, o género desses atletas (privilegiando-se aqueles que tenham um número equilibrado de atletas masculinos e femininos), o nível competitivo do clube, o enquadramento técnico ou o número de viaturas de que é proprietário.

A este programa concorreram 31 clubes mas nem todos reuniram as condições necessárias (por exemplo, terem sido criados há pelo menos 3 anos). “Assim, são abrangidos por estes contratos-programa perto de 4000 atletas federados residentes no Concelho de Loulé, 66% dos quais do sexo masculino e 34% do sexo feminino, e 155 treinadores. Através deste instrumento de apoio à atividade desportiva, a Autarquia dará ainda o apoio necessário, nomeadamente em termos de manutenção, a 40 viaturas que são propriedade dos clubes”, segundo avança a nota de imprensa enviada ao POSTAL.

A câmara promove, ainda, um programa de apoio à aquisição de viaturas

O município promove, ainda, à margem destes contratos-programa, o programa de apoio à aquisição de viaturas. Na medida em que o transporte é um fator muito importante na deslocação dos atletas para as provas e treinos. O objetivo é permitir a renovação da frota automóvel das associações, contribuindo para o aumento da segurança no transporte dos atletas, assim como para uma redução no número de pedidos à autarquia. Deste modo, 75% do valor do orçamento da viatura até ao limite de 25.000,00€ é financiado pelo município.

A Câmara Municipal de Loulé pretende proporcionar a atividade física a todos os munícipes, à semelhança do que aconteceu em 2018, numa ótica de inclusão social, a Autarquia voltou a lançar o repto aos clubes para a criação de vagas sociais para participação em atividades federadas. Ou seja, a disponibilização de 2 vagas por modalidade, com frequência gratuita, para crianças ou jovens oriundos de agregados familiares desfavorecidos.

“Durante esta cerimónia, o presidente da Câmara Municipal de Loulé, Vítor Aleixo, falou aos presentes sobre a importância do movimento associativo desportivo do Concelho – um dos mais dinâmicos e ecléticos no contexto regional e nacional -, não só no que diz respeito às componentes formativa e competitiva, mas também pelo contributo para a promoção do nome de Loulé”, refere a nota de imprensa.

Os clubes que assinaram estes contratos-programa são os seguintes: Associação Cultural de Salir; Associação de Pais e Amigos da Ginástica de Loulé; Associação Desportiva do Clube de Ténis de Quarteira; Casa da Cultura de Loulé; Centro Desportivo de Quarteira; CIMAV – Clube Internacional da Marina de Vilamoura; Club BTT Terra de Loulé; Clube Basket Quarteira Tubarões; Clube BMX Asas da Cidade; Clube Desportivo de Boliqueime; Clube Desportivo CHECUL; Clube Desportivo e Recreativo Quarteirense; Clube de Golf de Vilamoura; Clube Hípico de Loulé; Clube Petanca “Escola de Loulé”; Clube de Tiro de Loulé; Ginástica Clube de Loulé; Grupo Desportivo Ameixialense; Internacional Clube de Almancil; Juventude Sport Campinense; Louletano Desportos Clube; Quarteira Sport Clube; Rugby Clube de Loulé; Sport Clube Escanchinas de Almancil; União Shitoryu Portugal.

(ES/CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook