VRSA adere a rede de monitorização e recolha de lixo nas praias

VRSA adere a rede de monitorização e recolha de lixo nas praias

377
PARTILHE
A apresentação do projeto contou com a participação do secretário de Estado da Modernização Administrativa (Foto: D.R.)

O agrupamento de escolas D. José I recebeu a visita do secretário de Estado da Modernização Administrativa, Luís Pinheiro, para conhecer os resultados do projeto “A Minha Praia”. A visita, na quinta-feira dia 4 de abril, deveu-se à vitória do projeto no âmbito do Orçamento Participativo Portugal (OPP).

No concelho de Vila Real de Santo António, a iniciativa decorre na praia de Monte Gordo que está a ser limpa e monitorizada pelos alunos e professores do agrupamento.

O projeto “A Minha Praia” é coordenado pelo Centro Ciência Viva de Tavira e tem como objetivo a consciencialização do público escolar para a conservação do meio marinho, através da criação de uma rede de monitorização e recolha do lixo marinho ao longo da costa do Algarve.

A apresentação contou com a presença do secretário de Estado da Modernização Administrativa, Luís Pinheiro, da presidente da Câmara Municipal de VRSA, Conceição Cabrita, da Diretora do Agrupamento de Escolas D. José I, Adelaide Rosa e da Diretora Executiva do Centro Ciência Viva de Tavira, Ana Ramos.

O projeto pretende recolher lixo nas praias da costa algarvia (Foto: D.R.)

Para Conceição Cabrita, presidente da Câmara Municipal de VRSA, “este projeto permite um trabalho próximo de sensibilização ambiental e de consciencialização para as questões do nosso património natural, o qual está a ser implementado na praia de Monte Gordo e incluído na nossa oferta educativa”.

De acordo com a diretora do Centro Ciência Viva de Tavira, Ana Ramos, “a meta passa por recolher, até ao final desta campanha, cerca uma tonelada de resíduos no conjunto das seis praias algarvias envolvidas no projeto”.

Para Luís Pinheiro “o orçamento Participativo Portugal é um processo democrático no qual as pessoas apresentam propostas de investimento e escolhem, através do voto, quais os projetos que devem ser implementados em diferentes áreas”.

O projeto conta com uma verba de 5 milhões de euros do Orçamento de Estado para distribuir pelas ideias vencedoras, podendo participar no OPP todos os cidadãos nacionais com idade igual ou superior a 18 anos, através da apresentação de propostas e votando nos projetos da sua preferência.

(AC/HF)

Facebook Comments

Comentários no Facebook