Exposição “O homem que só queria ser Tóssan” em destaque em Loulé

Exposição “O homem que só queria ser Tóssan” em destaque em Loulé

477
PARTILHE
A iniciativa aborda a vida e obra deste importante homem das artes de origem algarvia (Foto D.R.)

A exposição “O homem que só queria ser Tóssan” vai estar aberta ao público, de 30 de maio a 31 de agosto, na Galeria de Arte do Convento Espírito Santo, em Loulé. A iniciativa aborda a vida e obra deste importante homem das artes de origem algarvia.

“Tóssan teria gostado da coincidência: o 30 de maio, dia do seu aniversário, fecha o centenário do seu nascimento e abre, em pleno feriado municipal, uma exposição da sua vida e obra, na cidade onde deixou indelével memória e talento na decoração de antigos cortejos carnavalescos”, explica a nota de imprensa enviada ao POSTAL.

A exposição vai percorrer o seu trajeto de vida

A exposição, para além de percorrer o seu ilustre trajeto nas artes visuais portuguesas, evidencia a sua profunda admiração e relação fraternal com o poeta António Aleixo.

Tossán (António Fernando dos Santos) nasceu em Vila Real de Santo António, no ano de 1918, e faleceu em Lisboa em 1991. Foi um homem multifacetado que dedicou a sua vida à arte, como pintor, ilustrador, cenógrafo, vitralista, caricaturista, humorista, decorador, designer e gráfico. Mas o que o destacou foi o seu enorme talento e a sua maneira de ser divertida, acutilante e de contador de histórias. 

A exposição pode ser visitada de terça a sexta-feira, das 9:30 horas às 17:30 horas, e aos sábados, das 9:30 horas às 16 horas. A inauguração acontece no dia 30 de maio, às 18 horas, no âmbito do Dia do Município.

(ES/CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook