Prova de Karting junta 150 colaboradores nos 40 anos da Rolear

Prova de Karting junta 150 colaboradores nos 40 anos da Rolear [fotogaleria]

1502
PARTILHE

O Grupo Rolear comemora 40 anos e, como tal, organizou um conjunto de atividades alusivas à data.

Animação, partilha e convívio… Estes foram os ingredientes que rechearam a manhã deste sábado, dia 25, no Kartódromo Internacional do Algarve.

Cerca de 150 colaboradores participaram numa prova de Karting oferecida pela empresa. Após a realização da prova deu-se início ao almoço de celebração dos 40 anos.
A tarde foi ainda pautada por momentos de muita animação e convívio entre toda a equipa do grupo Rolear.

Para Parreira Afonso, administrador da Rolear, “é com grande orgulho, satisfação e entusiasmo que aqui estamos para comemorar os 40 anos”, salientando que “antes do nascimento da Rolear houve um percurso profissional de cerca de 10 anos onde foi possível adquirir o know-how ténico e humano que deu origem ao início deste projeto”.

“A Rolear foi uma missão comprida e cumprida”, confessa de sorriso nos lábios.

Segundo o departamento de marketing da empresa, “o Grupo Rolear abrange uma oferta única de soluções técnicas que vão desde o fornecimento de produtos e equipamentos eléctricos e electromecânicos, soluções de mobilidade eléctrica, distribuição de gás canalizado e comercialização de gás natural e electricidade no mercado liberalizado. O grupo foca-se ainda na área das infra-estruturas, construção civil, arranjos exteriores, instalações técnicas especiais, energias renováveis, manutenção e formação técnica nas respectivas áreas em que o Grupo Rolear atua”.

Ana Rita Vieira está na Rolear há 18 anos e faz um balanço muito positivo do tempo de permanência na empresa. “Atualmente trabalho na Rolear Viva, que é a parte da empresa que se relaciona com a comercialização de gás natural e eletricidade” e “posso dizer que estes têm sido uns 18 anos de muita aprendizagem e crescimento”.

“A Rolear é uma empresa muito dinâmica e o engenheiro Parreira Afonso é uma pessoa fantástica, ao nível da liderança e chefia mas também enquanto pessoa” e “eu tive a sorte de trabalhar com ele durante muitos anos” pelo que tem sido “uma aprendizagem diária”, acrescentou.

A Rolear foi pioneira na representação de marcas conceituadas no mercado e na oferta de soluções de automação para sistemas de óleo hidráulico, eletricidade e de ar comprimido.

O grupo Rolear é constituído por cerca de 260 profissionais e assegura a comercialização de aproximadamente 40 mil produtos e a prestação de serviços a cerca de 20 mil clientes.

Francisco Cavaco, membro da administração, na vertente financeira referiu ainda ao POSTAL que “este trabalho representa metade da minha vida” e “entrei na empresa em 1988, numa altura em que o grupo começou a delinear uma abrangência maior em termos de mercados e situação geográfica”.

“Foi um ano em que entrou muita gente e grande parte das pessoas ainda cá estão”, sendo que “a taxa de retenção foi muito grande, o que significa que as pessoas se sentem bem connosco”, acrescentou.

O responsável salienta ainda que “a Rolear aposta muito nas suas pessoas e este género de convívio é reflexo disso mesmo”.

Por sua vez, Clarinda Lucas entrou na Rolear em 1991 e permaneceu na empresa durante 20 anos. “Eu já passei por várias áreas dentro do grupo e, de momento, trabalho a tempo parcial” e esta foi sem dúvida “a empresa mais importante da minha vida”.

“Existiram algumas fases mais difíceis mas foram igualmente muito desafiantes. O balanço dos 20 anos é excelente”, complementou.

Para Nélia Teixeira, funcionária da Rolear há 30 anos, “a empresa é a minha segunda família” e sinto-me muito bem cá”.

A Rolear pretende, assim, continuar a apostar em serviços de qualidade, bem como, na valorização de todos aqueles que diariamente fazem deste um desafio cumprido.

Discurso Completo de Parreira Afonso, administrador da Rolear:

Boa tarde a todos, espero que se tenham divertido e desfrutado desta manhã de convívio… É com grande orgulho, satisfação e entusiasmo que aqui estamos e desta vez, para comemorarmos os 40 Anos da ROLEAR.

Eu digo 40 Anos, mas na realidade são 50… Perguntar-me-ão 50? Porquê 50? Porque, antes do nascimento da ROLEAR houve todo um percurso profissional – cerca de 10 Anos – que percorri e que me permitiu adquirir o “know-how” técnico e humano, que deu origem – com algum otimismo – ao início deste projeto.

A 1ª década foi de “calibração” dos conhecimentos adquiridos, com as necessidades do mercado do Algarve, que na altura despertava para a atividade turística… Entrando em curso, a eletrificação das zonas rurais e não havendo ainda na região empresas que respondessem às exigências do mercado. Foi a sintonia perfeita para o aparecimento da nossa 1ª Loja em Faro.

A nossa vocação era virada para a parte Industrial, sobretudo na área da Automação mas como a Industria era pouca e com evolução negativa, tivemos que nos ir adaptando ao mercado que ia surgindo, nas várias vertentes, transferindo as nossas valências para o que ia aparecendo.

Com o desenvolvimento do turismo, surgiram os projectos de infaestruturas electricas e electromecanicas e a execução das mesmas no terreno.

Aparecendo assim, a necessidade de materiais e equipamentos diversos, tais como: compressores, bombas, transformadores, motores, cabos, etc… daí, surjem os fornecedores. ATLAS COPCO, GRUNDFOSS, SIEMENS, CELCAT, entre muitos outros. Para além do que o mercado ia solicitando, a ROLEAR sempre se manteve na vanguarda, trazendo por antecipação alguns produtos, como por exemplo: Sistemas de automação, Solares térmicos, Ar condicionado, Eólicas, Fotovoltaico, etc.

Tendo ao longo destes 40 Anos, ocupado um lugar de reconhecimento em todas estas áreas. Criando assim, uma estrutura técnica de suporte, e abrindo espaços Comerciais por todo o Algarve.

E numa segunda fase, Alentejo, Lisboa e Porto.
No inicio desta caminhada, a ROLEAR foi o embrião destas diversas áreas, mas para responder ao mercado, tivemos que criar dois caminhos.
Um para a venda a retalho, e outro para obras com alguma dimensão e complexidade, para não sermos acusados de concorrentes dos nossos clientes de retalho.

Para dar essa resposta foi criada a OFICINA ABERTA, hoje designada ROLEAR.ON, que incorporou a ROLEAR IV e a GUERREIRO & RISCADO. Estando no mercado com valências para responder com chave na mão, a obras para os mais diferentes fins. Desde Hospitais, a Creches, Hoteis, passando pelas Redes de Águas e Esgotos, Estradas, etc.

Para além da rede de lojas com a marca ROLEAR MAIS, temos a marca ROLEGÁS na comercialização do Gás Propano e tudo o que lhe é inerente, a marca ROLEAR VIVA como comercializadora de gás natural e elctricidade, no mercado liberalizado. E a ACADEMIA ROLEAR que é uma entidade certificada pela DGERT para ministrar cursos teórico e e praticos, nas áreas com as quais trabalhamos.

E o que é que a gente fez para aqui chegar…!!
Com a nova decada que se aproxima, o que nos espera de bom e de mau?
Finalmente os países – Governos – em geral, e o nosso em particular, ficaram sensiveis ao que afecta o nosso planeta.

• Coisas más – subida dos níveis das águas do mar, poluição dos mares
com plásticos e outros; desaparecimento de especies marinhas e
terrestres.
• Coisas boas – foco na descarbonização do Planeta recorrendo às
energias renováveis; aposta forte na economia digital; Participar em pé de
igualdade com os outros Países na Aldeia Global.

Onde está a ROLEAR, relativamente a estas sensibilidades governamentais para a mudança de atitude relativa ao respeito pelo Planeta?
Pensamos que temos tido. E continuamos a ter – cada vez com mais foco o respeito pelo Planeta – continuando no trilho das energias limpas e utilizando as tecnologias actuais e sempre receptivos e atentos, às últimas novidades técnicas e sociais, como tem sido a nossa postura ao longo destes 40 Anos.

O que temos que fazer para não perder a BARCA do tempo?
A união em torno da marca ROLEAR. Cada um a NÃO DIZER: este assunto não é comigo, mas sim, é comigo, porque o cliente não pode esperar e tem sempre alternativas.
E nós estamos todos no mesmo barco que é a ROLEAR.

PORQUE HÁ COISAS QUE NÃO PODEM PARAR”

(Stefanie Palma / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook