Vídeo a despejarem lixo a céu aberto em Olhão indigna internautas

Vídeo a despejarem lixo a céu aberto em Olhão indigna internautas

6316
PARTILHE
O vídeo encontra-se no final do artigo. Devido ao tamanho, publica-se em dois de um minuto cada (D.R.)

O registo de vídeo partilhado esta tarde está a indignar a comunidade internauta. Nas imagens podem-se ver duas pessoas a despejarem impunemente lixo a céu aberto, retirado de uma carrinha branca estacionada de forma irregular junto de um sinal vertical “Stop”.

O autor que partilhou o vídeo, deixa um apelo “aos Olhanenses” e solicita que o ajudem “a identificar estes senhores” “amigos da limpeza, do civismo e do Ambiente”. Segundo presume o mesmo, “o senhor de cabelos brancos será de nacionalidade francesa e viverá na zona de Moncarapacho”.

Diz ainda que a filmagem, de cerca de 5 minutos “foi interrompida por ameaças físicas ao cidadão que filmava”.

Os comentários de indignação não se fizeram esperar, e entre insultos e sentimentos de revolta, também há quem diga que já assistiu à mesma situação e ao tentar apresentar queixa teve que desistir: “enviei as fotos para a Ambiolhão, mas não chega, temos que ser testemunhas. Mas para quem mora no sítio onde estão os contentores, quando se tem os carros em plena rua pública, facilmente se sabe que se vai sofrer represálias e não é a Ambiolhão que vai pagar pela reparação dos danos. Não segui com a queixa, apesar das fotografias identificarem a matrícula e a quantidade de lixo ser muito superior à registada no presente vídeo”.

Também há quem diga já ter apresentado queixa numa situação semelhante [embora não chegue a especificar em que termos] à GNR e à “Junta de Freguesia Moncarapacho” mas sem sucesso: “disseram logo que não era nada com eles”.

No entanto, um dos comentários relembra que a linha SOS Ambiente e Território da GNR [808 200 520] é “100% infalível, basta denunciar, colocar a matrícula e pode ser feito de forma anónima no próprio site da linha SOS Ambiente”.

Primeiro minuto dos cerca de cinco minutos do vídeo:

 

 

 

 

 

 

 

Segundo minuto dos cerca de cinco minutos do vídeo:

 

 

 

 

 

 

 

Facebook Comments

Comentários no Facebook