Ana Pêgo leva “Plasticus Maritimus” a Quarteira

Ana Pêgo leva “Plasticus Maritimus” a Quarteira

365
PARTILHE
Ana Pêgo desde cedo viu o plástico como uma ameaça ao futuro do nosso planeta, o que a levou a realizar este percurso (Foto D.R.)

Quando era pequena, Ana Pêgo, bióloga marinha formada na Universidade do Algarve, “não brincava no quintal, mas quase sempre na praia. À medida que foi crescendo, apercebeu-se, porém, de que uma nova espécie invasora se tornava cada vez mais comum na areia: o plástico! Para melhor alertar para as suas consequências na vida do planeta, decidiu colecionar e dar um nome a esta espécie – Plasticus Maritimus, e, desde então, nunca mais lhe deu tréguas, iniciando um projeto de sensibilização para um uso mais sensato dos plásticos”, diz nota de imprensa enviada ao POSTAL.

Numa parceria com a Junta de Freguesia de Quarteira e a Câmara Municipal de Loulé, Ana Pêgo traz ao Auditório do Centro Autárquico uma palestra com o objetivo de compreender a importância vital dos oceanos, desenvolver a consciência e responsabilidade ambiental e social e ainda, motivar para a alteração de comportamentos. A ação, cuja entrada é livre, está marcada para a próxima quinta-feira, dia 13 de junho, pelas 21 horas.

Cada vez mais se verificam pessoas a realizar ações de limpeza nas praias, contudo, segundo a bióloga “Mais do que limpar, temos de arranjar, rapidamente, alternativas ao plástico descartável, muitas vezes, não reciclável e tão perigoso para os ecossistemas marinhos”.

Inspirado neste projeto, lançou um livro intitulado “Plasticus Maritimus – uma espécie invasora” que contém informação sobre a relação entre o plástico e os oceanos.

(AC/HF)

Facebook Comments
Advertisements

Comentários no Facebook