Bancário detido por abuso sexual de filho menor na praia

Bancário detido por abuso sexual de filho menor na praia

4347
PARTILHE
O caso ocorreu numa praia de nudistas, em Tavira (Foto D.R.)

A Polícia Judiciária (PJ) identificou e deteve um homem pela presumível autoria de um crime de abuso sexual de crianças agravado – segundo a TVI24, trata-se do próprio filho.

Os factos ocorreram esta segunda-feira e a PJ refere, em comunicado, que os factos ocorreram “em plena luz do dia, por volta das 18 horas, numa praia de Tavira, onde se pratica nudismo”. Segundo as autoridades, os abusos ocorreram na zona do areal, tendo sido presenciados por vários naturistas que ali se encontravam, e que conseguiram interpelar o autor e chamar as autoridades.

O detido, de 42 anos de idade, é bancário e não tem antecedentes criminais. O homem vai, agora, ser presente a interrogatório Judicial para aplicação das medidas de coacção tidas por adequadas.

A detenção foi feita pela PJ, através da Directoria do Sul, com o apoio da Polícia Marítima.

SAIBA MAIS: Bancário suspeito de abusar do filho foi sujeito a termo de identidade e residência

Actualizada a 4.06.2019

(Andrea Camilo / Cristina Mendonça)

Facebook Comments

Comentários no Facebook