Carminho no Dia do Município de Castro Marim

Carminho no Dia do Município de Castro Marim

522
PARTILHE
A fadista Carminho é o ponto alto das celebrações do Dia do Município em Castro Marim (Foto: D,R.)

A fadista Carminho é o ponto alto das celebrações do Dia do Município em Castro Marim, a 24 de junho. O concerto está marcado para as 22 horas, no Revelim de St. António.

As comemorações começam no dia 22 de junho, com a peça de teatro “Sal e Sombra”, que volta ao palco da Biblioteca Municipal de Castro Marim, pelo grupo de teatro do CCD (Centro de Cultura e Desporto da Câmara Municipal).

Como não podia deixar de ser, a véspera do feriado, 23 de junho, é marcada pelo tradicional Arraial de São João, na Praça 1º de Maio. A partir das 20 horas, a sardinhada enceta a festa, mas o momento alto destina-se às Marchas Populares, protagonizadas pela Junta de Freguesia de Castro Marim e pela Banda Musical Castromarinense, e à entrega dos prémios do Concurso de Mastros, que vai já na sua vigésima edição consecutiva e que conta sempre com o empenho e a dedicação das associações e clubes locais.

No mesmo dia é apresentado ao público o resultado do repto lançado este ano à Universidade do Tempo Livre (UTL), que foi dar mais vida e cor a alguns recantos do concelho de Castro Marim. Assim, pelas 19 horas, no Mercado Local de Castro Marim, vamos poder conhecer alguns dos trabalhos usados para intervir de forma criativa e positiva no mobiliário e no espaço público, trazendo a Castro Marim o conceito de arte urbana, com um espaço e uma dinâmica cada vez maiores no turismo de Portugal. Os restantes trabalhos estão em exposição pelo concelho de Castro Marim (São Bartolomeu, Altura, Castro Marim, Corte Pequena, Furnazinhas, Alta Mora, Azinhal, Monte Francisco), com mensagens de amizade, paz, solidariedade e amor, trazendo uma nova forma de arte a estes locais.

Durante as celebrações serão homenageados vários produtores locais

Entre as muitas novidades apresentadas pela UTL, vai haver espaço para uma demonstração das Danças de Salão, que foi a grande inovação dos cursos deste ano letivo, um pedido feito pelos formandos da universidade sénior.

No dia 24 de junho, depois do hastear da bandeira (9 horas), a Banda Musical Castromarinense faz a Arruada, seguindo-se uma missa pelas 10 horas na Igreja de N. Sra. dos Mártires.

A sessão solene, às 11 horas, na Biblioteca Municipal de Castro Marim, vai dividir-se em dois grandes momentos. O primeiro, de distinção dos melhores alunos do Agrupamento de Escolas de Castro Marim, e o segundo, de homenagem aos produtores locais, desde o artesanato, passando pelos produtos alimentares, até à produção de sal e flor de sal, numa estratégia de incremento e estímulo ao crescimento e valorização dos recursos locais, que abrem caminho à sustentabilidade económica, mas são sobretudo um grande estímulo social, reforçando a identidade e a autoestima da comunidade e potenciando uma maior e unificada projeção do território.

Às 21 horas começa o Revelim de St. António acolhe o espetáculo do Trio “Bela Luísa”, que antecede o grande concerto de Carminho. Grande voz do fado e uma das artistas portuguesas com maior projeção internacional, Carminho editou o seu primeiro disco em 2009, no mesmo ano em que colaborou com Pablo Alborán em “Perdoname” e se tornou na primeira artista portuguesa a atingir o número 1 do top espanhol. “Maria” é o título que Carminho escolheu para o seu novo álbum, o quinto da sua carreira e o mais pessoal de sempre, com várias canções da sua autoria.

(ES/CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook