IRA troca compra de carrinha por doação a bebé gravemente doente

IRA troca compra de carrinha por doação a bebé gravemente doente

1265
PARTILHE
- PUB -
A bebé precisa do medicamento mais caro do mundo para sobreviver (Foto Facebook Matilde)

O Grupo IRA- Intervenção e Resgate animal anunciou na passada sexta-feira, 28 de junho, que vai doar mais de seis mil euros para Matilde, a bebé de dois meses que sofre de uma doença rara e precisa do medicamento mais caro do mundo para sobreviver.

Segundo avança o Jornal de Notícias, “a bebé sofre de uma doença rara na forma mais avançada e grave, atrofia muscular espinhal de tipo I. Os pais da menina acreditam que a solução para o tratamento passa pelo “Zolgensma”, o medicamento mais caro do mundo, que só está disponível nos Estados Unidos por cerca de 1,9 milhões de euros”.

O IRA decidiu doar à Matilde o dinheiro que tinha angariado para comprar uma carrinha.

“Sabemos perfeitamente qual é a nossa missão, ANIMAIS. Mas conforme já constataram mais do que uma vez, também auxiliámos respectivos detentores (famílias ou individuais) cujas posses atingiam o limiar da pobreza extrema. Doámos roupas, dinheiro, comida e até nos disponibilizámos a assegurar todas as condições para o bem-estar dos animais a cargo dos detentores. Não acreditamos em coincidências e, a poucos dias de eu próprio (o mete-nojo) me tornar pai de uma menina, está a decorrer uma angariação para a aquisição de uma nova viatura”, começa por referir uma publicação partilhada no Facebook do grupo IRA.

“Se precisamos do carro novo? Precisamos.
Se precisamos de estender o nosso raio de acção? Precisamos. Se a Matilde tem o mesmo tempo que nós para atingir o seu objectivo? Não tem!”, avança o IRA.

O montante angariado para a compra da viatura tinha sido doado por simpatizantes e seguidores do grupo IRA. Uma vez que pode existir quem se oponha à entrega dos fundos para outra causa, o valor a doar à bebé poderá variar.

“Respeitamos TOTALMENTE a decisão de quem se opõe à entrega dos fundos angariados para outro objectivo que não o da aquisição da viatura. Como tal indicado, daremos a possibilidade de poderem enviar a sua posição por email de forma a garantir o anonimato. Deverão inserir no assunto “Eu não aceito”, anexando o comprovativo da transferência com o montante doado até dia 30 de Junho. Os montantes serão contabilizados e a quantia transferida para o caso da Matilde será a diferença após subtracção do total respeitante aos Irados e Iradas que não concordaram”, pode ainda ler-se na publicação do IRA.

Os responsáveis do IRA decidiram fazer uma votação, na passada quinta-feira, 27 de junho, na página do facebook para que os cerca de 230 mil seguidores pudessem escolher até domingo qual seria o destino do dinheiro angariado. Existiam duas opções: ajudar a Matilde ou comprar a viatura.

A esmagadora maioria (83%) decidiu ajudar Matilde e assim a votação terminou mais cedo.

O responsável do IRA revelou ainda ao JN que pretende encontrar-se com os pais de Matilde “na próxima semana” para “entregar o dinheiro pessoalmente e conhecer a Matilde”.

O valor exato da doação “vai depender de possíveis recusas por parte dos que não querem que o seu dinheiro sirva para outro objetivo que não o inicial, mas até ao momento, o IRA ainda não recebeu “qualquer email a solicitá-lo. De qualquer forma, serão dados “com certeza mais de seis mil euros”, afirmou ainda o responsável ao JN.

O ciclista Rui Costa também não ficou indiferente ao caso de Matilde e “está a doar quatro equipamentos completos e originais seus com as riscas do arco-íris, que representam o mundial de ciclismo 2013, onde se sagrou campeão do mundo”, conforme se pode ler numa publicação do facebook.

“As regras do leilão são as seguintes: a base de licitação é de 100 euros por equipamento. Para licitar basta comentar exclusivamente no post abaixo com o calor da sua oferta em euros. Só são válidos comentários neste post. O lelilão terá a duração de 72 horas, terminando por isso na quarta-feira, dia 3 de julho, às 16 horas. As quatro licitações mais elevadas serão os remates finais”, pode ler-se na publicação.

“O vencedor deverá transferir o valor para a conta da Matilde depois de ser indicado como vencedor e enviar o comprovativo de transferência e a morada completa para o e-mail matilde.bebe.especial@gmail.com com o título: vencedor remate final Rui Costa”.

Matilde está internada no hospital, em Lisboa, desde quarta-feira “a tomar antibióticos e a fazer ventilação 24 horas” devido a dificuldades respiratórias.

Os pais da bebé criaram uma página de facebook de apoio a Matilde que, até ao momento, já conta com mais de 800 mil euros angariados. Para ajudar, as pessoas podem fazer donativos para a conta PT50 0035 0685 00008068 130 56.

(Stefanie Palma / Henrique Dias Freire)

Facebook Comments

Comentários no Facebook