Saiba o que fazer se encontrar um camaleão

Saiba o que fazer se encontrar um camaleão

2540
PARTILHE

A probabilidade de “sobrevivência de um camaleão após um ferimento provocado por um animal de companhia é muito baixa, resultando a maior parte das vezes em infecções bacterianas letais”, conforme se pode ler no Safeplaces 52, blogue sobre serviços de emergência e socorro de Tavira.

A par da captura ilegal e da destruição de habitat, a predação por cães, gatos e aves é uma séria ameaça para esta espécie.

Se encontrar um camaleão ferido ou doente recolha-o e encaminhe-o o mais rapidamente possível para o centro de recuperação de animais selvagens mais próximo. No Algarve deverá ser encaminhado para o RIAS – Centro de Recuperação e Investigação de Animais Selvagens. O contacto da entidade é 927 659 313. 

Pode ainda contactar o Serviço de Protecção da Natureza e Ambiente da GNR (SEPNA) através do número SOS Ambiente 808 200 520 ou os vigilantes da natureza da área protegida mais próxima. 

No Algarve pode contactar o ICNF – Instituto de Conservação da Natureza e das Florestas – em Olhão, através do número 289 700 210,  Castro Marim pelo 281 531 257 e Lagos através do contacto 282 402 320.

“Caso encontre um camaleão saudável num local inapropriado para esta espécie, como por exemplo a atravessar uma estrada, tente pegar nele com o auxílio de um pequeno pau ou ramo e colocá-lo num local seguro, afastado da estrada”, pode ler-se no blogue.

Nestes casos em que o animal não está doente, não será necessário encaminhar o animal para o centro de recuperação.

Em caso de dúvidas contacte directamente o RIAS através do número 927 659 313

(SP/CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook