Tavira associa-se a campanha que alerta para poluição dos oceanos

Tavira associa-se a campanha que alerta para poluição dos oceanos

550
PARTILHE
Na Ilha de Tavira decorrem vários jogos que visam alertar para os malefícios da poluição
(Foto D.R.)

Tavira aderiu à campanha Blue Flag Mediterranean Clean – Up Week, promovida por 11 Organizações Não Governamentais de Ambiente, Operadoras Nacionais do Programa Bandeira Azul.

Assim, até esta sexta-feira, 5 de julho, decorrem, na Ilha de Tavira, vários jogos que visam alertar para os Malefícios da poluição, nomeadamente, dos oceanos e para o facto do plástico acabar na cadeia alimentar e destruir diversas espécies.

“A Região do Mediterrâneo é um dos destinos turísticos mais populares e, também, umas das zonas mais populosas, onde os problemas relacionados com o lixo marinho estão, proporcionalmente, a aumentar”, explica o Município de Tavira.

Nos últimos anos, mais animais marinhos foram afetados “pelas ilhas de plástico que não conhecem as fronteiras nacionais. O lixo flutua de país para país, acabando com frequência na costa e nas praias de outros países do mediterrâneo que não os de origem”.

Por este motivo, os coordenadores Bandeira Azul do Mediterrâneo juntaram-se, não só para consciencializar, mas para agir.

O Programa Bandeira Azul, tal como os restantes programas da Foundation for Environmental Education (FEE), procuram envolver cidadãos, governantes locais, turistas e todos os banhistas e levá-los a ter um papel ativo. Estar consciente, por si só, não é uma solução para as ilhas de lixo que flutuam nos oceanos. Agir para salvar o planeta também é fundamental.

A iniciativa deste ano é aclamada pela Comissão Europeia, devido à sua abordagem pró-ativa.

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook