Nova campanha arqueológica avança no Castelo de Silves

Nova campanha arqueológica avança no Castelo de Silves

408
PARTILHE

Uma nova campanha arqueológica no Castelo de Silves teve início no passado dia 2 de setembro e vai prolongar-se até ao dia 14. Os trabalhos são dirigidos pela professora doutora Rosa Varela Gomes, da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH) da Universidade Nova de Lisboa (UNL), através do Instituto de Arqueologia e Paleociências (IAP).

Os trabalhos são dirigidos pela professora doutora Rosa Varela Gomes (Foto D.R.)

O Município de Silves colabora na iniciativa, que conta com  uma equipa constituída pela arqueóloga responsável, um assistente de arqueólogo/desenhador, sete estudantes do 1º e 2º ciclo de Arqueologia da FCSH da UNL e, ainda de um técnico de fotografia.

A área, que está a ser alvo de todas as atenções, localiza-se no setor nascente da alcáçova, pretendendo-se prosseguir com a identificação de importante sector do palácio do século XI. Este, famoso no Ocidente Peninsular, é conhecido como “O Palácio das Varandas” de Silves – referido na poesia intitulada “Evocação a Silves” de Al-Mutamid, o rei-poeta de Sevilha, nascido em Beja e falecido em Agmat, em 1095.

Daquela edificação subsistem, ainda, fragmentos de compartimentos e estuques ricamente decorados, correspondentes ao século XI. Perspetiva-se que os elementos arquitetónicos, depois de devidamente limpos e restaurados, poderão integrar exposição no Museu Municipal de Arqueologia de Silves.

- Pub -

(CM)

Facebook Comments

Comentários no Facebook