Fim-de-ano em Albufeira vai ter música, luz, pirotecnia e até acrobacias aéreas

Fim-de-ano em Albufeira vai ter música, luz, pirotecnia e até acrobacias aéreas

318
PARTILHE
- PUB -

O Município de Albufeira apresentou o programa para o fim de ano 2019/2020 no Dia Mundial do Turismo. 

A passagem de ano em Albufeira é uma das mais marcantes do Algarve (Fotos: D.R.)

A apresentação oficial contou com a presença do presidente da Câmara Municipal de Albufeira, José Carlos Rolo, do presidente da APAL – Agência de Promoção de Albufeira, José Santos, entre outras entidades oficiais, empresários e munícipes.

O programa foi apresentado no Cais Herculano

À 18ª edição, a autarquia decidiu inovar e criou um novo conceito: “Albufeira Carpe Nox”, um espetáculo multissensorial que, além dos concertos à beira-mar com Amor Electro e The Black Mamba, vai incluir elementos de pirotecnia, aerobática sincronizada, iluminação no mar e em todo o recinto, e ainda um palco criado especificamente para essa noite. 

O município criou o conceito de Albufeira Carpe Nox

O programa do Fim de ano começa logo a 28 de dezembro com o Paderne Medieval e estende-se a 4 de janeiro com o Festival Solrir. 

José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira, afirmou que “já passaram por aqui grandes nomes da música nacional e internacional, já fizemos o maior brinde do mundo, recebemos afinal do programa Ídolos, da SIC, e este ano decidimos apostar em algo diferente para recuperarmos alguma dinâmica. Todos os municípios têm o habitual concerto e fogo-de-artifício, mas quisemos ser diferentes”.

José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal de Albufeira

Para este fim de ano, o município está a preparar um espetáculo multissensorial, que irá envolver os vários elementos naturais da Praia dos Pescadores.

“O desafio foi desenvolvermos um conceito único, que se traduzirá numa experiência inesquecível. Vamos usar elementos cénicos e tornar o público numa das peças principais para que as pessoas sintam que fazem parte de tudo o que está a acontecer. A palavra-chave é inovar. Fazermos algo de novo, fazermos algo que fique marcado nestes 17 anos de história”, explicou o chefe de gabinete do presidente, Paulo Dias.

Para a noite do dia 31 de dezembro irá ser construído um palco com 50 metros de frente, desenhado para o efeito, que vai interagir com o público, com o mar, com o céu, com a falésia e com os barcos que vão estar na praia. Vão também ser montadas várias torres de laser e luz, que vão pintar todo o cenário e envolver o público.

“Vamos utilizar pela primeira vez algo que sempre esteve presente, mas que nunca foi usado. Este ano, o fogo-de-artifício vai ser todo colocado no mar e em toda a frente de praia de Albufeira vão estar barcos que irão fazer parte do espetáculo, juntamente com o palco, com o som e com tudo o que estará a acontecer, num jogo de luzes”, revelou a chefe da Divisão de Turismo e Desenvolvimento Social, Carla Ponte.

(Stefanie Palma / Cristina Mendonça)

Facebook Comments

Comentários no Facebook